Connect with us

Ceará

Homem morre afogado em rio no interior do Ceará enquanto é filmado por testemunhas; veja vídeo

Cinco pessoas foram ouvidas pela Polícia e um inquérito foi aberto para averiguar se houve omissão de socorro

Tribuna do Ceará | Imagens de um homem se afogando em um rio, no município de Aracoiaba (a 121 km de Fortaleza), causou indignação entre os moradores da região nas redes sociais, pela insensibilidade dos cinegrafistas amadores ao não terem prestado socorro à vítima.

Segundo a Delegacia de Aracoiaba, o caso aconteceu no último sábado (7), mas o corpo só foi encontrado nesta segunda-feira (16).

No vídeo, é possível ouvir os responsáveis pelas imagens rindo da situação e “orientando” o homem a ir para o raso ou se segurar em algum galho. Mas, em nenhum momento, eles foram até a margem do rio para ajudá-lo. A vítima foi identificada como Francisco de Assis Rodrigues da Silva, de 64 anos.

De acordo com a Polícia, cinco pessoas prestaram depoimentos sobre o caso. Dentre elas, uma mulher e um adolescente. Um inquérito policial foi aberto para investigar o caso e os suspeitos podem responder por omissão de socorro. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, por meio de nota, que o inquérito policial foi aberto contra um adulto e registrado um ato infracional contra um adolescente. Os dois foram ouvidos e liberados em seguidas.

O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), por sua vez, alerta que, ao presenciar um caso de afogamento, a pessoa não tem a obrigação de tentar um salvamento devido ao risco de morrer. Mas, devem acionar um socorro mais rápido possível.

De acordo com o Código de Direito Penal Brasileiro, o crime consiste na falta de assistência, quando “possível fazê-lo sem se colocar em risco”, a crianças abandonadas, pessoas inválidas em situações de desamparo ou em perigo, ou não pedir socorro para autoridades públicas. A pena pode chegar a seis meses de detenção ou multa.

“A pena é aumentada de metade, se da omissão resulta lesão corporal de natureza grave, e triplicada, se resulta a morte”, diz o Código Penal.

Publicidade

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trend Topics

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.