Connect with us

Ceará

Duas jovens são assassinadas por ordem de facções nas últimas 24 horas

Uma adolescente foi sequestrada, torturada e morta a tiros no Pirambu, em Fortaleza. A vítima não foi ainda identificada. Bandidos filmaram o crime e postaram as imagens nas redes sociais. Em Crateús, jovem de 22 anos também foi executada

Jornalista Fernando Ribeiro | Duas mulheres foram assassinadas nas últimas 24 horas no Ceará, crimes atribuídos a facções criminosas. Em Fortaleza, uma garota foi sequestrada, torturada e, depois, morta, a tiros, no píer da Avenida Vila do Mar, na Barra do Ceará. Já na cidade de Crateús (a 516Km das Capital), uma jovem foi assassinada na porta de casa por dois bandidos.

Passavam poucos minutos das 21 horas desta quinta-feira (15), quando a Polícia foi acionada para ir ao píer localizado na Comunidade dos Coqueirinhos, no Pirambu, onde populares tinham acabado de encontrar o corpo de uma adolescente. A garota, ainda não identificada, estava com os cabelos cortados, sinais de espancamento e tortura e tiros na cabeça.

Nas redes sociais logo começaram a ser postadas imagens da vítima (ainda não identificada) e até um vídeo com o momento da execução sumária. A garota teria sido seqüestrada e morta por bandidos membros da facção Guardiões do Estado (GDE), por ter postado uma foto em seu facebook em que aparece fazendo com os dedos o “V” da vitória, que para criminosos seria um gesto da facção Comando Vermelho (CV), rival da GDE. Até agora, a Polícia não conseguiu prender os criminosos.

Outro crime

Em Crateús, a jovem identificada com o Islene Pereira Alcântara, 22 anos, foi morta, a tiros, na porta de casa, situada no bairro de Fátima I. A Polícia não identificou ainda os criminosos mas já levantou a hipótese de que a garota tenha sido morta por engano, já que não sofria ameaças, mas sim uma amiga dela, chamada Daíza. As duas moravam juntas.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.