Connect with us

Brasil

Vestido de ‘La Casa de Papel’, grupo é flagrado quando tentava entrar em presídio

Com armas de brinquedo, máscaras e fantasia da série, pegadinha de youtuber foi tratada como tentativa de resgate de detentos em Abreu e Lima

R7 | Um grupo vestido com uniformes vermelhos e máscaras iguais às do seriado “La Casa de Papel” foi flagrado e detido em frente ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, próximo de Recife, Pernambuco.

“Achamos que era uma tentativa de resgate de presos e os abordamos”, disse uma agente de segurança do Cotel em contato com o R7. O caso era, na verdade, uma pegadinha criada por um youtuber de Recife.

Gerson Albuquerque, o youtuber mentor da ação, disse aos policiais do Cotel que o ato se tratava de uma brincadeira.

Em seu Instagram, ele registrou em vídeo diversos momentos anteriores à pegadinha. Os membros ganharam apelidos como na série — Gerson os chama de “Belém”, “Paraíba” e “Minas Gerais”. O youtuber tem 153 mil seguidores na rede social. Nos stories, ele afirma “amanhã vou fazer uma pegadinha”, diz. “Vamos meter o terror.”

Nos vídeos, o youtuber aparece acompanhado de alguns amigos em frente a um banco e depois em um carro, cantando a música tema de La Casa de Papel, “Bella Ciao”. Depois, Albuquerque aparece, já sem fantasia, e afirma: “nunca vi tanta polícia como hoje, foram seis viaturas, duas nos abordaram.”

O grupo, que utilizava armas de brinquedos, foi encaminhado à Delegacia de Paulista para dar seguimento às investigações. “O fato de entrarem com macacões e máscaras já nos possibilitava fazer a abordagem”, disse a agente de segurança do Cotel.

Segundo informações do Cotel, não houve troca de tiros.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.