Connect with us

Brasil

Suspeitos de executar e filmar morte de jovem são presos

O corpo da vítima foi encontrado na quinta-feira (17), na Vila Tamanca, Zona Leste da capital gaúcha

RIC Mais | Duas pessoas que não tiveram a identidade revelada foram presas suspeitas de participar da morte de Paolla Avaly Corrêa, de 18 anos, jovem que foi executada a tiros em Porto Alegre e teve a morte filmada pelos autores.

Os mandados de prisão foram cumpridos no sábado (19) e divulgados na segunda-feira (21) pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Os nomes não serão revelados para não atrapalhar as investigações. Outras duas pessoas também participaram do crime, de acordo com a polícia.

O ex-namorado dela, preso no Presídio Central de Porto Alegre, é o principal suspeito de ser o mandante do crime. Na sexta-feira anterior ao desaparecimento de Paolla, ela chegou a visitar o companheiro e terminado o relacionamento depois de uma discussão. No domingo do Dias das Mães, Paolla teria sido atraída ao presídio novamente, mas não chegou a entrar.

Caso

O caso teve grande repercussão pelo vídeo gravado pelos próprios autores, mostrando a execução da jovem. Imagens gravadas por um celular mostram o momento em que Paolla é executada dentro de uma cova em uma região de mata fechada.

No vídeo, é possível ver que a jovem está com as mãos amarradas e a boca amordaçada. Sem esboçar reação, ela deita em uma cova e, pelas faíscas, dois disparos são efetuados.

O RIC Mais teve acesso às imagens e optou pela não reprodução.

Áudio

Um áudio atribuído a jovem Paolla chama a atenção. Veja:

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.