Connect with us

Brasil

Marido questiona mulher que sumiu dizendo estar grávida e reapareceu sem o bebê; veja

Desaparecimento foi registrado no dia 16 de dezembro, mas no dia seguinte, mulher já havia sido encontrada

 News 24hrs | Um mistério é o principal assunto dos moradores da cidade de Várzea Paulista, em São Paulo. No dia 16 de dezembro, uma mulher, que estava grávida, sentiu algumas dores e foi encaminhada para um hospital de Jundiaí. No entanto, ela acabou sumindo após ter sido levada para a unidade de saúde.

Os policiais e familiares a localizaram apenas no dia seguinte. Quando viram, ela já não estava mais grávida, mas também não estava com bebê. Ninguém sabe o que aconteceu e a mulher afirma que quer falar apenas com as autoridades. O hospital também não quer contar o que aconteceu durante o atendimento.

Em meio ao susto do desaparecimento, o marido, que não quer ter a identidade revelada, e amigos da família chegaram até a fazer uma campanha para ajudar a encontrar a mulher. Quando foi encontrada, ela afirmou que o bebê havia morrido, mas pouco apresentava sinal de remorsos e para as autoridades, dizia que estava confusa. Mesmo com a afirmação, ela não quis contar mais nada do que aconteceu e disse que só fala com os policiais.

Mesmo com a afirmação, a mulher não conta com nenhum documento do óbito. O marido não consegue acreditar na história e chegou a se separar dela nesse meio tempo. Os dois estão morando juntos, mas não se falam mais. Conforme o homem, ele a levou para a unidade de saúde no dia 16 de dezembro e ela sumiu quando foi transferida para o hospital de Jundiaí. Para ele, a criança ainda pode estar viva.

Por sua vez, o Hospital de Jundiaí afirmou, em nota, que a mulher foi atendida lá apenas quando foi encontrada. Por sigilo médico, a instituição não quis passar nenhuma informação do atendimento.

O marido continua sem entender nada. Ele relatou que a ex-mulher estava perto de dar à luz quando tudo aconteceu. O homem e as irmãs da desaparecida sentiam a criança se mexer na barriga. Ele ainda citou todo gasto com roupas e um quarto para o menino. Para tentar solucionar o caso, exames foram pedidos pelo Instituto Médico Legal (IML).

O caso não deve acabar tão cedo. As pessoas ainda esperam que as autoridades divulguem os depoimentos da mulher. Todos seguem preocupados sobre o que realmente aconteceu com o bebê.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.