Connect with us

Brasil

Homem é obrigado a caminhar pelado por dívida em prostíbulo

Segundo populares, o homem não tinha como pagar e deixou “os bens penhorados”

Nativa News | Uma cena, no mínimo inusitada, foi parar nas redes sociais neste final de semana. Um homem completamente despido foi flagrado andando pelo Avenida do setor F, uma das vias no centro de Alta Floresta. Até o momento não se sabe a registro e nem identidade deste homem.

Nas redes sociais, muitos chegaram a questionar se o rapaz seria uma vítima de assalto, ou se sofre de algum transtorno mental. O que se sabe é que a cena causou espanto e surpresa para motoristas e transeuntes que cruzaram com o rapaz.

Segundo informações o homem, trabalhador de fazenda com pouco mais de 40 anos teria contraído uma dívida de cerca de 40 reais em um prostíbulo no setor F, sem dinheiro se obrigou a deixar suas vestes, “empenhorados”.

A vitima foi orientada a pagar a conta para reaver seus pertences, mesmo diante a situação, o homem acabou não registrando queixa contra as mulheres que o deixaram na situação constrangedora.

Andar pelado em lugares públicos pode render ao infrator, com base no artigo 233 do Código Penal, a pena de detenção, de 3 meses a 1 ano, ou multa, já que a prática configura ato obsceno, nova denominação dada ao atentado violento ao pudor.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.