Connect with us

Brasil

Garota sai para comemorar aniversário e é estrangulada com a própria calcinha; amigo foi preso

Um jovem de 18 anos foi preso suspeito de participação no crime que aconteceu no município de Parintins. Outras duas pessoas envolvidas no crime ainda não foram identificadas

Uma adolescente de 16 anos saiu para comemorar seu aniversário com amigos na noite da última quinta-feira. Ela foi a alguns bares à noite acompanhada de um amigo. No dia seguinte (24), foi encontrada morta em um terreno baldio, com sinais de estrangulamento e vários hematomas pelo corpo. A Polícia Civil investiga o crime, que ocorreu no município de Parintins (situado a 369 km de Manaus). Um jovem de 18 anos, suspeito de envolvimento no caso, foi preso.

O jovem era amigo e acompanhou a vítima nas comemorações. Ele confessou à polícia participação no crime e disse que há mais duas pessoas envolvidas no homicídio. A polícia afirma que a vítima foi estrangulada com o fio da própria calcinha.

De acordo com a polícia civil, a adolescente estava comemorando seu aniversário de 16 anos em companhia do suspeito, que era seu conhecido, e outras pessoas não identificadas. O grupo foi avistado realizando um trajeto que percorreu bares da região, próximo ao local do crime, um terreno baldio localizado na Rua 24 de janeiro, bairro Itaúna 1, na Zona Centro-sul do município.

Ainda não há confirmação se a vítima foi abusada antes de ser estrangulada. A polícia aguarda o laudo médico. Ele (suspeito) confirma que outra pessoa utilizou a calcinha dela para realizar o ato. O jovem não revela a identidade dos demais criminosos por medo de represálias.

O celular da vítima foi encontrado com a namorada do suspeito que está preso. Ele levou a polícia até o local. A namorada foi interrogada e disse que o suspeito apenas entregou o objeto e não disse nada. A polícia analisa conversas antigas e imagens no celular da vítima para dar continuidade às investigações.

Conforme o laudo do Instituto Médico Legal (IML), a vítima foi morta por estrangulamento intenso com sangramento da traqueia pela região nasal, o corpo apresentava sinais de espancamento no rosto e um grande ‘baque’ na testa.

[Matéria do G1]

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.