Connect with us

Brasil

Foragida por assassinar o ex-marido, mulher matar o namorado com facada no pescoço

Segundo a Polícia Civil, ex de Cláudia Lima da Costa também foi morto a facadas. Ao ser presa, mulher estava bêbada e confessou ter matado Aroldo Gonçalves, 46, durante discussão

G1 | A dona de casa Cláudia Lima da Costa, de 33 anos, presa suspeita de matar a facadas o namorado Aroldo Gonçalves, de 46 anos, em Goiânia, era foragida da Justiça, acusada de matar o ex-marido, também a facadas, em Goianira, na Região Metropolitana da capital. Segundo a Polícia Civil, ao ser presa, a mulher estava bêbada e confessou ter matado Aroldo.

O G1 não localizou a defesa de Cláudia para se posicionar sobre a prisão dela.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil divulgou nota em que confirma que a mulher era foragida, acusada de matar o ex, e que o homicídio, cometido em Goianira no ano passado, tem “características idênticas” ao assassinato de Aroldo.

O delegado responsável pelo caso, Paulo Ribeiro, contou ao G1 que o casal namorava há cerca de quatro anos e, aos finais de semana, o homem ia para a casa dela. Segundo depoimento da presa à Polícia Civil, os dois se desentenderam após ela ir visitar uma amiga.

“Ela contou que foi à casa de uma comadre que estava de resguardo, mas quando voltou, o homem ficou desconfiado e começou a quebrar coisas na casa. Quebrou televisão, sofá e outros móveis, deixando a casa bem revirada. Indignada, ela pegou uma faca e deu um golpe no pescoço dele, pegou uma cerveja e saiu”, contou.

Paulo contou que, após a fuga, ela foi para Goianira e uma equipe de policiais conseguiu prendê-la na cidade.

A mulher foi presa em flagrante pela morte de Aroldo, e permaneceu presa em virtude do fato de ser foragida por outro assassinato. Segundo o delegado, ela vai responde pelo crime de homicídio e, se for condenada, pode ficar presa por até 20 anos.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.