Connect with us

Brasil

Em vídeo gravado pouco antes de morrer, jovem fez apelo a motorista: ‘Para de correr’

Ocupantes do carro que se acidentou na segunda-feira (1), em Praia Grande, no litoral paulista, estavam sem cinto. Condutor não era habilitado

G1 | A jovem morta após um grave acidente de carro em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na terça-feira (1), fez um apelo ao motorista do veículo cerca de 10 minutos antes de morrer. Vídeos obtidos pelo G1 nesta terça-feira (2) mostram Giovana Ferreira, de 18 anos, dentro do carro, sem utilizar cinto de segurança, enquanto voltava com dois amigos de um baile funk. Em determinado momento do vídeo, a garota chega a pedir para o condutor parar de correr.

Amigos da jovem, que não quiseram se identificar, afirmaram que, na noite de segunda-feira (30), Giovana esteve em um baile funk na comunidade da Vila Telma, em Santos. A ida para a festa, inclusive, ocorreu após um convite, feito pelas redes sociais, por alguns amigos da menina. As publicações datam de 18h30 de domingo (30), pouco mais de 24 horas antes do acidente.

Nos vídeos obtidos pelo G1, gravados pela própria Giovanna às 6h50 de terça-feira e compartilhados em uma rede social, a jovem aparece dançando e cantando dentro do carro. Ela ocupava o banco do passageiro do veículo, que era dirigido por um rapaz. Em determinado momento do vídeo, ela mostra o motorista e uma amiga, no banco de trás. Segundo a polícia, todos estavam sem cinto de segurança afivelado.

Em seguida, a jovem publicou outro trecho de vídeo, onde o carro em que se acidentou aparece em alta velocidade ao lado de outro veículo, na Avenida Capitão-Mor Aguiar, em São Vicente. O vídeo termina com ela pedindo para que o motorista parasse de correr.

Momentos após a gravação, o carro em que os três ocupantes estavam acabou invadindo a calçada da Avenida Ministro Marcos Freire, no bairro Glória, em Praia Grande, e se chocou contra um poste e um ponto de ônibus. Giovana morreu na hora, enquanto o motorista e a passageira foram levados ao Hospital Irmã Dulce e não correm risco de morte.

Segundo informações da Polícia Civil, ainda não foi possível ouvir o condutor, de 19 anos, já que ele oscila entre momentos de lucidez e de confusão mental. Ele segue internado em estado estável, e passa por vários exames para avaliar os traumas sofridos na batida.

Ainda de acordo com a polícia, por enquanto não há como confirmar se o motorista estava em estado de embriaguez, entretanto, foi constatado que o jovem não era habilitado. Um inquérito será aberto para apurar as causas do acidente. A princípio, trabalha-se com a hipótese de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.