Bandido estuprar mulher e enviar áudio para vítima: ‘foi ótimo, você gostou?’ | Mceara.com
Connect with us

Brasil

Bandido estuprar mulher e enviar áudio para vítima: ‘foi ótimo, você gostou?’

Os dois se conheciam, mas a vítima contou que a relação era profissional. Delegada disse que a mulher está muito abalada

G1 | Um homem de 34 anos identificado apenas como Hércules foi preso nessa sexta-feira (23) suspeito de estuprar uma mulher de 30 anos dentro da casa da vítima, no bairro Tabuleta, Zona Sul de Teresina. O crime aconteceu na quinta-feira (22) e, segundo a Delegada da Mulher, Vilma Alves, uma das provas do crime foi um áudio enviado pelo homem para a vítima.

“Eu tive acesso a esse áudio e ouvi. Ele perguntou a ela ‘foi ótimo, foi muito bom, você gostou?’. Ele mandou logo após o crime e conseguimos prender ele em flagrante. A vítima está muito abalada, é uma moça que até em convento já morou e saiu para estudar. Agora acontece isso com ela”, contou a delegada.

Vilma Alves disse que a vítima relatou que conhecia o suspeito. Ele é permissionário da Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi) e fazia entregas de frutas no local de trabalho dela, uma loja de material de construção na Zona Sul.

No local, de acordo com a delegada, a mulher trabalhava com a irmã, que acabou se aproximando do homem, sem suspeitar de nada. “As duas são muito religiosas, moram sozinhas e a irmã acabou dando o telefone dela para ele, sem suspeitar de nada. Como ele fazia as entregas, ela achava que tinha algo a ver com a entrega das frutas”, disse.

Na quinta-feira, contudo, a mulher estava sozinha na quitinete onde morava. Ela disse, em depoimento, que o homem foi até sua casa e ela contou para a delegada que, apesar de achar estranha a visita, deixou ele entrar.

“Foi quando ele já foi pra cima dela. Ela contou que tentou resistir de todas as formas, questionou porque ele estava fazendo isso, que ele era casado e que ela não queria. Mas ele levou ela para o quarto e a estuprou. Essa moça resistiu muito, ela lutou de todas as formas, mas ela é muito franzina e ele é um homem muito forte”, explicou Vilma.

Ela contou que após ouvir o depoimento da vítima, realizou a prisão dentro do período do flagrante. Ele foi preso em seu local de trabalho e admitiu que foi até a casa da vítima. “Ele contou que foi mesmo até lá, mas disse que ela também quis. Mas está claro que não foi assim. Tanto pelo áudio como pela forma como ela está. Profundamente abalada, constrangida e com muito medo”, disse.

O homem está preso na Central de Flagrantes e deve ser encaminhado para uma unidade prisional em breve, onde vai responder pelo crime. A mulher passou por exame de corpo de delito que, segundo a delegada, confirmou a violência sexual.

“Não podemos nos calar, temos que denunciar. As mulheres não podem continuar apanhando, sendo estupradas, sendo mortas sem fazermos nada”, declarou a delegada.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.