conecte-se conosco

Policia

No primeiro dia de outubro, duas mulheres são assassinadas no Ceará

Francisca Zildênia Cortez da Silva, 26, foi morta a tiros em Jaguaribara

Publicados

em

No primeiro dia de outubro, duas mulheres são assassinadas no Ceará

Em menos de 24 horas e logo no primeiro dia do mês de outubro, duas mulheres foram assassinadas no Ceará, elevando para 255 o número de vítimas deste tipo de crime. Os dois assassinatos aconteceram no interior do estado e, em nenhum dos casos, houve prisão de suspeitos. A Polícia faz diligências na tentativa de encontrá-los.

O primeiro crime ocorreu ainda na madrugada de ontem, no Distrito de Campos Belos, no Município de Caridade (a 94Km de Fortaleza). A vítima foi uma jovem identificada como Antônia Leidiane Belchior, 23 anos. De acordo com a Polícia, Leidiane foi morta junto com o marido, Nícolas dos Santos Braga, 32.

O casal estava em casa dormindo, quando a residência foi invadida por quatro homens que arrombaram as portas e já foram disparando suas armas de fogo. As vítimas não tiveram tempo de esboçar nenhum gesto de defesa. Os criminosos dispararam cerca de 10 tiros no local e, em seguida, fugiram.

Outro crime

No fim da tarde desta quinta-feira, o segundo crime de morte tendo como vítima uma mulher foi registrado na região do Vale do Jaguaribe. Bandidos invadiram um posto de saúde da cidade de Jaguaribara (a 283Km de Fortaleza), e assassinaram, a tiros, a técnica de Enfermagem Francisca Zildênia Cortez da Silva.

Zildênia era servidora pública do Município e estava em serviço na Unidade Básica de Saúde de Jaguaribara, localizado no centro da cidade. Ela tinha 26 anos de idade e era residente no assentamento Curupati Peixe, na zona rural.

De acordo com a secretária de Saúde Municipal, Ianny Dantas, a técnica de Enfermagem não resistiu e morreu momento depois de ser atendida pela equipe da Emergência. “Os médicos do Município tentaram de tudo junto com a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas ela não resistiu”, informou.

Balanço

Entre os dias 1º de janeiro e 1º de outubro deste ano, nada menos, que 255 mulheres foram mortas no Ceará. No mês de setembro foram registrados 27 crimes do gênero, com cinco mulheres assassinadas na Capital, sete da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e outras 15 no Interior.

Entre as 27 mulheres assassinadas em setembro, suas eram adolescentes, ambas com idade de 17 anos. As duas garotas foram identificadas como Manuele Moura Rodrigues (morta a tiros, no dia 16, em São Luís do Curu) e Bruna Hellen dos Santos Sales (assassinada a tiros no dia 21, em Maracanaú).

Jornalista Fernando Ribeiro

Propaganda