conecte-se conosco

Mundo

Mulher assume ser lésbica após passar 20 anos casada com um homem

Jornalista conheceu a companheira há cerca de 20 anos, em Nova Iorque

Publicados

em

Mulher assume ser lésbica após passar 20 anos casada com um homem

Uma mulher casou aos 60 anos com outra mulher. Não seria nada estranho se isto não tivesse acontecido depois de a senhora estar casada há 20 anos com um homem. O casamento civil entre as duas britânicas aconteceu em dezembro do ano passado.

Segundo o jornal britânico The Daily Mail, Ginny Dougary quando ainda era casada com um homem, começou a ler artigos sobre um novo fenómeno chamado “Late Onset Lesbianism” (em português, Lesbianismo tardio). Na altura, a escritora de profissão, reviu-se no perfil.

Nos vários artigos que lia, as fotos ilustrativas representavam um pequeno número de mulheres conhecidas, onde um dos membros do casal era casado com um homem com quem tinha família ou que era vista como heterossexual.

Ginny Dougary conheceu a atual esposa em Nova Iorque, há cerca de 20 anos. Nesta altura o seu casamento heterossexual estava a passar uma fase má. Embora o casal fosse feliz, com uma vida construída juntos e com filhos, a felicidade já não era a mesma.

O curioso é que Ginny sempre se sentiu “atraída e ansiosa para estar com uma mulher a vida toda”, confessa. Assume-se como bissexual e diz que é “um pouco lésbica, porque já casei com uma mulher”. A jornalista de profissão defende que o facto de estar com uma pessoa do mesmo sexo não a impede de ter “um relacionamento maravilhoso com uma pessoa maravilhosa. Porque são precisos rótulos?”.

Assumir-se como lésbica numa idade tardia, permitiu a Ginny que experimentasse algumas vantagens da vida, como ser mãe. A decisão não deixou que os filhos fossem “intimidades por causa da diferença dos pais”.

Depois de casarem as duas senhoras fundaram uma instituição de caridade que tem como objetivo trabalhar com reclusos prisioneiros e voluntários da comunidade.

Quando se apaixonou, Ginny percebeu que o sentimento estava a surgir pelo facto de estar a ser nutrido por uma mulher. A jornalista conta que “quando nos beijámos tudo ficou cristalino. Agora somos dois pássaros do amor”. Atualmente, a parceira de Ginny funciona como uma “mãe, irmã, melhor amiga e esposa”, disse a senhora.

Propaganda