Mistério no assassinato de mulher em Assaré que foi morta com golpes de foice no pescoço - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Policia

Mistério no assassinato de mulher em Assaré que foi morta com golpes de foice no pescoço

Antônia foi morta numa vereda de acesso à sua casa em Assaré

Um homicídio envolto em mistério foi registrado na noite desta quinta-feira na zona rural de Assaré. O corpo da agricultora Antônia Pereira de Oliveira, de 69 anos, que residia no Sítio Limão, foi encontrado em meio a escuridão de uma vereda de acesso à sua casa. Ela apresentava uma profunda perfuração no pescoço provavelmente originada por um golpe de foice e o cadáver foi encontrado por uma pessoa identificada apenas por “Cícero” quando passava em sua moto tratando de avisar aos familiares da vítima.

A polícia de Assaré foi informada, mas os militares estavam num procedimento em Crato quando viaturas de Antonina do Norte e Campos Sales estiveram no local com o Subtenente Cosmo, o Tenente Henrique, os Sargentos Matias e Nobre e o Soldado Rocha. O marido dela Antonio Alves de Oliveira do Carmo disse aos PMs que a mulher tinha saído para a casa de um vizinho e ao retornar pela vereda acabou sendo assassinada.

Já o vizinho confirmou para a polícia que Antonia esteve em sua casa e ficou surpreso ao tomar conhecimento do seu assassinato momentos após sua saída. De acordo com o companheiro da vítima, ela não tinha inimizades e não fazia a menor ideia sobre a autoria do crime, enquanto a polícia não observou indicativos de um latrocínio. O corpo de Antonina foi recolhido pelo rabecão a fim de ser necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro.

Este foi o primeiro homicídio deste ano em Assaré e o último tinha ocorrido no dia 11 de dezembro quando Lindomar Caetano da Silva, de 26, que residia no bairro José Dodô foi morto a tiros e facadas. Já a última mulher assassinada em Assaré tinha sido no dia 21 de fevereiro de 2018 quando a acadêmica Juliana Alves de Oliveira, de 19 anos, morreu no IJF em Fortaleza. Ela teve o corpo incendiado pelo pai ao chegar embriagado em casa no bairro Coruja e o mesmo também faleceu.

Miséria

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *