Siga-nos nas redes sociais

Mundo

Menina de 11 anos dá à luz um bebê após ser estuprada pelo irmão mais de 100 vezes

A polícia prendeu tanto o pai como o filho, informou a KSDK-TV

Um adolescente de St. Louis confessou ter estuprado sua parente de 11 anos cerca de 100 vezes depois de ter dado à luz seu bebê em uma banheira, de acordo com uma notícia. St. Charles é uma cidade localizada no estado americano de Missouri, no Condado de St. Charles.

A polícia foi avisada do suposto abuso às mãos de Norvin Leonidas Lopez-Cante quando seu pai trouxe uma criança para o Hospital St. Joseph na terça-feira e disse à polícia que alguém deixou a criança em sua varanda, informou a KSDK-TV.

O bebê ainda tinha o cordão umbilical e a placenta fixados e uma temperatura corporal de 90 graus, disse a afiliada da NBC.

Na quinta-feira, a polícia visitou o pai, Francisco Javier Gonzalez-Lopez, e ele lhes disse que seu filho de 17 anos era o pai da criança e seu parente de 11 anos era a mãe do bebê – mas alegou que ele não tinha conhecimento do abuso ou da gravidez até que a menina deu à luz.

Lopez-Cante admitiu mais tarde às autoridades que ele fazia sexo com a menina cerca de duas vezes por semana, um total de cerca de 100 vezes, segundo o relatório.

Lopez-Cante foi acusado de estupro, sodomia e incesto em primeiro grau.

Gonzalez-Lopez foi acusado de pôr em perigo o bem-estar de uma criança. Os documentos do tribunal mostram que ele estava no país ilegalmente e foi deportado anteriormente.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.