conecte-se conosco

Mundo

Mãe que luta contra o câncer dá à luz um bebê milagrosamente saudável

A mulher a quem foi diagnosticada uma forma rara de câncer de mama no início da gravidez deu à luz um recém-nascido saudável

Publicados

em

Mceara 2019 10 18 17.25.39 01

Os médicos do estado da Califórnia alertaram para a possibilidade de Jade Devis, 36 anos, ter uma gravidez difícil e potencialmente ter um aborto depois de descobrirem um caroço no seu peito em Março.

Devis estava em seu primeiro trimestre de gravidez, quando soube que estava em dois estágios de câncer de mama triplo-negativo, uma das formas mais raras da doença.

Apenas 10 a 20% dos casos de câncer de mama são triplo-negativos. É uma versão notavelmente mais agressiva da doença e não pode ser tratada por medicamentos de terapia hormonal como muitos outros cânceres de mama comuns.

Devis foi submetida a uma lumpectomia, que é uma remoção parcial do tecido mamário, bem como quimioterapia enquanto ela estava grávida. Ela perseverou através do tratamento exaustivo e acabou dando à luz a sua “criança milagrosa”, chamada Bradley, em julho.

A Universidade de Câncer onde Devis foi tratada, divulgou uma declaração, dizendo: ‘Devis termina sua última rodada de terapia de infusão no final de novembro, mas ela está grata por ter seu filho’.

De acordo com a declaração, “os médicos estão confiantes de que ela não terá câncer no final do tratamento”.

Devis disse que ficou arrasada com a decisão de continuar com a gravidez depois que os médicos não conseguiram garantir que os tratamentos que salvam vidas não interfeririam com a saúde dela ou de seu filho.

Ela disse: “Foi aí que surgiu algo dentro de mim. Eu queria ficar com o meu bebé porque não permitiria que um estranho me dissesse o meu destino”.

Devis começou então a procurar tratamento em Loma Linda, dizendo à Fox 6: “O seu coração estava a bater. Eu podia senti-lo dentro de mim. Ele estava lutando, então eu também tive que lutar”.

O especialista em câncer de mama que tratou Devis, Dr. Gayathri Nagaraj, disse: “Passar pela quimioterapia é difícil para qualquer um, e nós fazemos o nosso melhor para apoiar os nossos doentes de todas as formas possíveis no Centro de Câncer da Universidade de Loma Linda”.

Na situação de Jade, tivemos de ser duplamente cautelosos e alerta para garantir a segurança do doente e do bebé.

Estou extremamente contente por estar a trabalhar com uma equipa fantástica que se juntou para tornar isto possível.

Com a gravidez terminada e o fim do tratamento do cancro da mama à vista, Devis disse: “É surreal recordar que a minha gravidez teve um elemento de medo extraordinário.

Sou abençoada quando olho para o meu filho e não posso pedir mais do que isso”.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *