fbpx
Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Mãe joga filha de 4 anos da janela de 5° andar, coloca fogo no apartamento e pula; Veja o vídeo

Mulher tentou incendiar o imóvel e também se jogou da janela e está internada em estado grave; criança foi socorrida com ferimentos leves

Publicados

em

Uma menina, de 4 anos, foi jogada pela mãe do quinto andar de um prédio, na madrugada desta sexta-feira (24), na Vila Lageado, zona oeste de São Paulo. Após arremessar a criança, a mulher tentou incendiar o apartamento e também se jogou.

De acordo com a Polícia Militar, depois de rasgar a tela de proteção, a mãe arremessou a filha pela janela do quinto andar do apartamento onde moram. A garota caiu sobre o para-brisa de um carro, que estava entrando naquele momento na garagem do condomínio. A menina sobreviveu à queda e foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas. A criança sofreu apenas arranhões.

Depois de jogar a menina, a mulher constantemente aparecia na janela e ameaçava pular também. Policiais do Gate foram acionados para convencer a mulher a sair do imóvel e, após quase duas horas de negociação, os agentes resolveram entrar no apartamento quando ela colocou fogo na cortina. Mas diante da aproximação das equipes de resgate, a mulher também se jogou da janela.

Ela foi socorrida e também levada, em estado grave, para o hospital das Clínicas. Familiares estiveram no local e acompanharam a negociação. Um funcionário do prédio contou que a mulher mora com a garota há cerca de 3 meses no apartamento, que é alugado, e que os moradores e funcionários do edifício desconfiam que ela tenha problemas psicológicos.

Três equipes do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência. O caso foi encaminhado para o 91º Distrito Policial, no Ceagesp.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Detento é flagrado com celular ‘gigante’ escondido no ânus em Unidade Prisional

O fato bizarro deixou até os policias que estavam no local impressionados

Publicados

em

É isso mesmo que você leu no título desta postagem: um detento da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), localizada no bairro do Puraquequara, na Zona Leste de Manaus, foi flagrado nesta sexta-feira com um baita dum celular metido no ânus.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) não informou o nome do presidiário. Informou apenas que a apreensão ocorreu durante a transferência de presos entre pavilhões.

O presidiário foi submetido a raio-x e scanner corporal, conhecido como “body scan”, que identificou o objeto.

O telefone celular foi encaminhado ao 29° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Zona Leste e passará, na UPP, por procedimentos administrativos.

Via Portal do Zacarias

Continue lendo

Brasil

Policial militar mata marido e diz que atirou para se defender de agressões

Ela disse que assassinou o companheiro depois de ele agredi-la. Caso aconteceu na madrugada deste domingo, no Pará

Publicados

em

A policial militar Alanna Patrícia da Cruz Barros, 29 anos, é investigada pela morte do seu marido, Thiago Valdiney Bezerra Dias, de 30 anos. Ele foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 16, por volta de 4h30min. A informação é do portal O Liberal.

Ela informou em seu depoimento que agiu em legítima defesa, ao reagir a agressões que ela cometeu, segundo informou a policial. A informação é do portal G1. Ela vai responder em liberdade.

O crime ocorreu, em Ananindeua, na Grande Belém, no Pará. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu.

Depois do assassinato, a policial Alanna, lotada no 2° Batalhão da PM, se apresentou voluntariamente à Polícia e foi encaminhada à Divisão de Crimes Funcionais (Decrif) da Polícia Civil, que investiga o episódio. A arma utilizada foi apreendida, no qual deverá passar por análises da perícia. A Corregedoria-Geral da Polícia Militar vai instaurar procedimento administrativo.

Os dois eram casados há mais de 12 anos. O casal tem uma filha de 10 anos, seguindo informação do portal O Liberal, do Pará.

Via O POVO

Continue lendo

Brasil

Menino comove internautas após ser assaltado enquanto trabalhava vendendo doces na rua

A mãe de Lucas está grávida e já tem outros quatro filhos contando com ele. Segundo ela, a própria criança quis trabalhar para ajudar a família

Publicados

em

Um menino de 11 anos, identificado como Lucas, emocionou internautas nesta semana após ser assaltado no último domingo (09), na pracinha do bairro Itararé, em Vitória. A criança trabalhava vendendo doces na rua para ajudar a família e teve todo o produto e o dinheiro roubados.

Segundo Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, ele chegou em casa muito sujo, dizendo que havia tropeçado, e por isso, todos os produtos teriam caído e estragado na chuva. A família só descobriu a verdade alguns dias depois.

Para Rafaela, ver o filho passar por essa situação é difícil. “Eu não deixava ele ir para rua por conta da violência. Mas, ele começou a trabalhar e pegou o gosto por isso. Eu fiquei constrangida porque não dá para acreditar que uma criança sai de casa para fazer um dinheirinho, e uma pessoa chegar e fazer uma maldade dessa. Fiquei muito preocupada”, contou.

O caso revoltou familiares e voluntários que decidiram criar o Projeto Juntos Somos 1, nas redes sociais. A partir disso, a história de Lucas ganhou os internautas e o menino já recebe ajuda de todas as partes do Brasil.

Solidariedade

A responsável pela repercussão do caso foi Aline Silva. A jovem conheceu o garoto quando voltava do supermercado e foi abordada por ele, pedindo comida. Depois de conhecer a criança, ela decidiu ajudar a família.

“Naquele dia eu ofereci dois pacotes de biscoito. Percebi que fiz tão pouco e ele ficou tão feliz que a situação não saiu mais da minha cabeça e comecei a ajudar. No dia seguinte, eu já havia conseguido doação de cesta básica”, explicou.

Aline conheceu Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, e os irmãos. A mulher está grávida de sete meses e a família vive de favor em uma casa simples, após ter tido a casa atingida pelas fortes chuvas na Grande Vitória. Por conta disto, Lucas decidiu vender doces na rua para ajudar em casa.

Por acaso, após o crime, Lucas foi pedir ajuda na lanchonete de uma amiga de Aline, que o reconheceu e avisou a jovem, que em seguida, contou tudo para a família. Foi a partir disso que a foto do menino chorando foi publicada. “A página já tem mais de 15 mil seguidores, vários famosos nos procuram querendo fazer algo por eles e a vaquinha criada para ajudar a família ultrapassou o objetivo de 15 mil”, disse Aline.

Todo o caso é compartilhado no Instagram @juntossomos1_, onde acontece contato para doações. Além disso, Aline mostra a vida da família e dá atualizações sobre o menino Lucas.

Continue lendo

Brasil

Com depressão, jovem tira a própria vida durante transmissão ao vivo no Facebook

O vídeo logo ganhou as redes sociais, deixando internautas perplexos e ao mesmo tempo consternados pela decisão tomada pelo jovem Paulo Henrique

Publicados

em

Na tarde deste Domingo (16), um jovem identificado como Paulo Henrique Fontinelle (19 anos), chocou a todos, quando lamentavelmente, cometeu suicídio, e ainda fazendo uma live pelo facebook no momento exato que deu cabo a própria vida. O triste episódio aconteceu no povoado Olho D’água dos Martins, de Imperatriz-MA.

As informações colhidas pela nossa edição é que no local do trágico acontecimento, familiares estão desesperados sem saber o que motivou o jovem a tomar essa terrível decisão. Muita gente está no local. Não é diferente nas redes sociais (facebook, whatsapp), os amigos estão enviando mensagens de conforto e demonstração de dor ao receber a notícia.

Pelo vídeo gravado pela vítima, o jovem está trancado no seu quarto, com uma revólver na mão, amigos pelo vídeo tentam impedir a ação de Paulo, mas mesmo relutando, o jovem se ajoelha, dá um grito e lamentavelmente, puxa o gatilho, tirando a própria vida.

Aparentemente, mais um caso de depressão, um jovem que tinha um grande futuro pela frente, decide interromper precocemente a sua vida. Deixamos os nossos mais sinceros votos de solidariedade e consternação a toda família e amigos.

Continue lendo

Brasil

Garota de 13 anos manda mensagem a amigo após ser estuprada pelo pai; ‘está sangrando muito’

Caso foi registrado em Nova Olinda, no norte do Tocantins. Homem de 44 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos

Publicados

em

Um homem foi preso em flagrante suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos, após a menina pedir ajuda para um amigo em uma rede social, em Nova Olinda, no Norte do Tocantins. As informações são do G1.

Na conversa em aplicativo mensageiro, a vítima afirma que sua parte íntima está sangrando após ser estuprada várias vezes.

“Meu pai tá toda hora vindo e me estuprando. Me ajuda, por favor. Eu tô tentando trancar a porta”, relata na conversa que a reportagem teve acesso.

O amigo diz menina que ela deve procurar a polícia e ela responde: “Amanhã eu vou lá. A noite não passa”.

Durante a troca de mensagens, o amigo diz para a menina pegar uma faca e matar o agressor, mas a vítima responde: “Ele tá com arma. Me ajuda, por favor”.

O caso foi registrado na madrugada desta quarta-feira (05/06). A adolescente foi levada para um posto de saúde, onde passou por exames que confirmaram o abuso. Os laudos mostraram que ela foi estuprada duas vezes entre a noite de quarta-feira e madrugada desta quinta-feira.

A polícia foi até a casa da vítima após o amigo fazer a denúncia. Segundo o delegado Luiz Gonzaga, roupa do suspeito estava rasgada e a genitália estava exposta.

A adolescente está sob proteção do Conselho Tutelar.

Os conselheiros disseram para a polícia, após conversar com a vítima, que os abusos aconteciam há pelo menos quatro anos. Na casa foi encontrada uma arma de fogo calibre 32 e algumas munições. De acordo com o delegado, o pai usava o revólver para ameaçar a filha.

Continue lendo
Publicidade