conecte-se conosco

Mundo

Mãe flagra marido estuprando a filha, e o mata com 185 facadas

Condenada a prisão mulher que matou o homem que abusava da filha. Partilhe para que saibam o que é a justiça

Publicados

em

Mãe flagra marido estuprando a filha, e o mata com 185 facadas

Segundo informações, a mulher já havia apresentado queixas de violência doméstica contra o marido, que teriam sido ignoradas pelas autoridades, o que a levou a fazer justiça pelas próprias mãos.

Segundo o El Mundo jornal nacional argentino, Paola Naiaretti, de 38 anos, teria sido presa pelo crime de assassinato em primeiro grau, depois de ter encontrado o marido a abusar da sua filha.

Paola foi presa juntamente com a sua filha e acusada de assassinato e a sua filha e vitima acusada de ser cúmplice.

Ao que consta depois de ter descoberto, Paola Naiaretti, cheia de raiva, terror e coragem, enfrentou-o e acabou por o matar com 185 facadas.

De acordo com a acusação ao confrontar o homem, a mulher “foi buscar uma faca de 15 centímetros” e desferiu vários golpes nele.

Ela esperou pela chegada das equipas de emergência médica e das autoridades ao local para confessar o crime, reforçando o porquê de ter cometido o ato de fúria. A mulher admitiu ter matado o homem com várias facadas na cabeça, no peito e nas costas.

O homem foi posteriormente levado para o hospital mas não sobreviveu aos ferimentos.

Os resultados da autópsia revelaram que a faca da cozinha entrou 185 vezes no corpo do homem, sendo que quatro das quase 200 facadas foram mais profundas e uma delas teria sido fatal.

A irmã de Paola afirmou à imprensa local que Alberto obrigada a sua irmã a se prostituir, não a deixava dormir e a ameaçava de morte.

Segundo informações dos vizinhos, a mulher já havia apresentado queixas de violência doméstica contra o marido, mas que teriam sido ignoradas pelas autoridade.

A publicação, que foi bastante compartilhada nas redes sociais, pede para que o leitor se questione se a Justiça é correta ou não…

Ainda houve um movimento para a libertação de Paola.

O caso ganhou proporção e no país já se discute que rumo deverá ter a pena de Paola Naiaretti. A opinião pública divide-se: se por um lado há quem defenda que a mulher deve ser condenada por homicídio, por outro, muitos são aqueles que consideram que a pena de prisão de Paola deva ser atenuada por esta ter agido em defesa da filha.

Fica a questão de como é possível punirem severamente esta senhora quando muitos casos de abuso infantil ficam impunes.

Infelizmente vivemos num mundo em que a justiça raramente é feita a não ser por nossas mãos.

O que faria nesta situação? Deixaria nas mãos de um juiz?

Ou acredita que a justiça virá a todos pela mão de Deus?

Propaganda
Clique para comentar

0 Comments

  1. Marli Candido

    8 de junho de 2019 em 02:07

    ?????

  2. Joacir Costa

    8 de junho de 2019 em 02:25

    Legítima defesa, em pro da filha.

  3. Duílio Del Sarto

    8 de junho de 2019 em 02:29

    Essa é uma mãe leoa que protege o filho custa o que custar. Parabéns e meus sentimentos por sua dor.

  4. Wanderson Galvao

    8 de junho de 2019 em 02:47

    tadinha faltou maldade

  5. Thárik Gobi

    8 de junho de 2019 em 05:38

    Ela deveria receber uma medalha por isso.
    A grande maioria das mulheres se calariam,
    Parabéns
    Pena q a justiça é uma bosta.

  6. Luzinete Valentim

    8 de junho de 2019 em 07:24

    Parabéns a essa mulher ela merecia ser solta

  7. Rose Mary Dos Santos

    8 de junho de 2019 em 07:26

    Se ele tivesse matado a filha ou tivesse matado a mãe será que a justiça valeria tbm

  8. Sonia Maria Ribeiro

    8 de junho de 2019 em 07:50

    Corretíssima.

  9. Sonia Maria Ribeiro

    8 de junho de 2019 em 07:50

  10. Helena Nogueira

    8 de junho de 2019 em 07:55

    Está de parabéns

  11. Laura Krüger

    8 de junho de 2019 em 08:07

  12. Ana Lucia Almeida

    8 de junho de 2019 em 08:15

    Só 185 … merecia mais !!!

  13. Solange Nogueira

    8 de junho de 2019 em 08:31

    O Amor de uma mãe. Ñ tem preço faria o mesmo.Parabéns é que a justiça lhe solte por legítima defesa.

  14. Adalgisa Moura

    8 de junho de 2019 em 08:34

    Cadê a lei ela defende a filha do safado pai isso e um monstro teria que ser morto mesmo mas a mulher não deveria ficar presa

  15. Eliane Amorim

    8 de junho de 2019 em 08:53

    Essa estaca com raiva.

  16. Cleia Munir

    8 de junho de 2019 em 08:57

    Eu faria o mesmo

  17. Valquiria Almeida Mendonça

    8 de junho de 2019 em 09:05

    Essa tem o meu respeito

  18. Walquiria Fibla

    8 de junho de 2019 em 09:30

    Legitima defesa num tem que prender. .liberdade pra essa mãe

  19. Lourdes Nobre

    8 de junho de 2019 em 09:32

    Eu te dou os meus parabéns pra essa mãe

  20. Sueli David Lobo

    8 de junho de 2019 em 09:37

    Essa mãe merece o respeito de todas as mães. prendam o juiz que a condenou, deve ser a favor do estupro,

  21. Vânia Rita

    8 de junho de 2019 em 09:38

    Tem que matar mesmo

  22. Maria Alves

    8 de junho de 2019 em 09:43

    legítima defesa

  23. Valdemir Silva

    8 de junho de 2019 em 09:45

    Parabénsa justiça tbm não ajuda pra que prende a moça

  24. Gabriel Alves Silva

    8 de junho de 2019 em 09:57

    Parabéns

  25. Adriana Rocha

    8 de junho de 2019 em 10:05

    Parabéns pra essa mãe e q Deus a abençoe e proteja

  26. Mariaedineia Ribeiro

    8 de junho de 2019 em 10:09

    Se fosse homem tava solto

  27. Cris Knupp

    8 de junho de 2019 em 10:29

    Eu mataria tbm

  28. Laura Mora

    8 de junho de 2019 em 11:03

    Mercia uma medalha de honra!

  29. Lucineyde Miranda Ribeiro Miranda

    8 de junho de 2019 em 11:28

    Sem palavras…

  30. Rosana Mette

    8 de junho de 2019 em 12:10

    Não ia ter justiça mesmo!!!

  31. Guara Ferraz

    8 de junho de 2019 em 12:34

    Como assim ? Uma mãe não pode defender sua filha de um pedófilo ? a justiça é contra? essa mãe merece um troféu e não cadeia mais em que mundo nós estos,?

  32. Elcio Rodrigues Rodrigues

    8 de junho de 2019 em 13:16

    Essa justiça do nosso país é podre mesmo.

  33. Ilvaira Carra

    8 de junho de 2019 em 13:25

    Ela sabia que ia pagar por salvar sua filha isso é ser mãe

  34. Fatima Cristina Maia Juvêncio

    8 de junho de 2019 em 13:47

    cortou o pinto dele primeiro

  35. Neusa Silva De Oliveira

    8 de junho de 2019 em 13:56

    Uma mãe quando é para defender um filho vira um animal selvagem perde a consciencia dominada pelo inconsciente alucina eu também faria pouco me importaria a cadeia.

  36. Fatima Canto

    8 de junho de 2019 em 14:26

    Certissima faria o mesmo ela tem que ficar em liberdade.

  37. Berenice Honorato

    8 de junho de 2019 em 14:30

    Merece troféu por salvar a filha de um monstro

  38. Nilson Rodrigues

    8 de junho de 2019 em 14:36

    Éo Brasil.. invés dela ganhar um prêmio é condenada a prisão…..

  39. Cacilda Alves

    8 de junho de 2019 em 15:14

    Ela ia ver o pai da criança estrupando a filha e ia fazer vista grossa e isso que a justiça que

  40. Marcos Santos

    8 de junho de 2019 em 15:47

    Parabéns guerreira

  41. Luiz Ribeiro

    8 de junho de 2019 em 15:48

    Juiz de ?

  42. Antonio Rossoni

    8 de junho de 2019 em 15:55

    Boa ta certo

  43. Paulo Silva

    8 de junho de 2019 em 19:06

    Ela fez muito certo a justiça ia deixar um pouco na cadeia e depois solta . agora não vai fazer nada

  44. Razuk Amalia

    8 de junho de 2019 em 19:45

    Tá certo ela tinha que receber um troféu

  45. Valter Xavier

    8 de junho de 2019 em 20:46

    Caralho, 185 facadas é facada pra caralho, eu fico me perguntando como que ela conseguiu contar, tipo 1234567891011 90 97 100 150 185

  46. Anderson Smithy

    8 de junho de 2019 em 21:12

  47. Fabio Alenca

    8 de junho de 2019 em 22:37

    Tem q ser asim Mesmo estrupador tem q morre Mesmo

  48. José Moreira

    8 de junho de 2019 em 22:40

    185 facadas? Só isso?

  49. José Moreira

    8 de junho de 2019 em 22:42

    Essa desgraça não é juiz.deve ser estuprador também. Por isso si doeu

  50. Maria Auxiliadora

    8 de junho de 2019 em 22:51

    Certíssimo também fazia isso Deus é mais Ave Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *