Siga-nos nas redes sociais

Mundo

Mãe é filmada atacando seu bebê selvagemente para exigir um aumento de pensão para seu pai

Tia e madrinha da criança, com uma carta do pai, fez uma queixa na policia

Duas mulheres denunciam que seu sobrinho e afilhado de apenas 1 ano e 4 meses de idade foi brutalmente maltratado por sua própria mãe em Ica, no Peru.

De acordo com 90 Matinal, a tia e madrinha da criança apresentou a queixa, com uma carta do pai, depois que a mãe desanimada lhes enviou um vídeo no WhatsApp, onde ela é vista maltratando o bebê.

Nas imagens chocantes observa-se como a mulher, que não mostra o rosto, agride violentamente a criança com um travesseiro, que não para de chorar após o brutal ataque de sua própria mãe.

Segundo os queixosos, a mulher gravou o vídeo de abuso para enviar ao pai da criança, que é um cidadão alemão que vive na Europa. Seu objetivo era extorquir dinheiro para que ele gastasse mais dinheiro para a pensão alimentícia da criança .

A tia do menino disse que, a princípio, o pai lhe passou uma pensão mensal de 1.800 soles, mas depois a manutenção foi reajustada para 700 soles, o que gerou a ira da mulher.

Após a denúncia, o Poder Judiciário retirou a custódia da criança da mãe e a entregou temporariamente à tia e madrinha, com quem viveu por seis meses. No entanto, em uma nova audiência, o juiz decidiu dar o aluguel a um tio materno, que, de acordo com os reclamantes, devolveu-o à mãe.

Deve-se notar que, como relatado 90 Matinal, o réu sofreria de transtorno de personalidade limítrofe, de acordo com o diagnóstico do Hospital Larco Herrera.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.