Siga-nos nas redes sociais

Policia

Jovem se finge de gato e mia embaixo da cama para não ser encontrado por policiais em Fortaleza

Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio na capital cearense

Publicados

em

Mceara 2019 12 05 12.26.57 01

Após um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, nesta quarta-feira, 4, um homem foi ao 19º DP identificando-se como uma das vítimas. No entanto, as imagens do circuito de segurança mostraram que ele havia participado do crime e acabou preso.

O suspeito então acusou outra pessoa, um adolescente, por também ter participado da ação. Quando a Polícia chegou à residência dele, o rapaz fingiu ser um gato para não ser preso. Escondido embaixo da cama, ele chegou a miar.

De acordo com o inspetor Rodrigo Miaggy, na residência, a mãe e a tia do adolescente afirmaram que ele não morava mais ali, e ao serem indagadas sobre quem dormia em uma das camas, as duas responderam que era um gato.

Neste momento, o policial civil afirma que um miado foi ouvido embaixo da cama. Ao levantar o móvel, o adolescente suspeito estava lá. Ele havia fingido ser o gato e miou para não ser apreendido.

O caso foi encaminhado ao 19º DP e a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mceara (@sitemceara) em

Latrocínio foi flagrado por câmeras de segurança

Um comerciante foi vítima de latrocínio no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, nesta quarta-feira, 4. Ao constatar que estava sendo abordado, ele acelerou o carro em direção aos assaltantes, que estavam em uma moto, mas acabou sendo alvejado por tiros. Um adulto foi preso e um adolescente apreendido. O caso foi registrado nesta quarta-feira, 4.

As imagens das câmeras de segurança mostraram o momento em que o comerciante está parado dentro do veículo quando os dois assaltantes chegam na motocicleta e abordam o abordam.

O automóvel derruba a motocicleta e o comerciante é baleado e tem pertences levados.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *