Jean Wyllys ataca Ciro Gomes em sua coluna: “oportunista, machista e inseguro” - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Politica

Jean Wyllys ataca Ciro Gomes em sua coluna: “oportunista, machista e inseguro”

“falso-moralista com o objetivo de ampliar seu eleitorado usando a filósofa”, acrescentou o ex-deputado

O ex-deputado federal pelo PSOL, Jean Wyllys, usou sua coluna no UOL desta sexta-feira (16) para atacar Ciro Gomes. As declarações mostram ainda que ele atua como porta-voz do Partido dos Trabalhadores (PT). Segundo Jean, a fala de Ciro Gomes dirigida à filosofa Márcia Tiburi, trata-se de insegurança, machismo e insegurança por parte do FG.  As informações é do CN7.

“Sabe quantos porcento PT tirou lá? Dois por cento. Porque a Marcia Tiburi, que é uma figura respeitável, queridíssima e tal, faz apologia do cu na televisão. Eu tenho até vergonha de citar e isso não quer dizer que não haja uma grande interessante questão nesta tese da Marcia Tiburi, mas foi o que dominou o debate no Rio de Janeiro. Você quer uma governadora que faz apologia?”, disse Ciro em entrevista à BBC.

Jean Wyllys, então, rebate. “Prestem bem atenção: com uma miríade de candidatos com falas realmente abjetas à sua disposição, que aludem a coisas realmente chocantes como o racismo e a homofobia, fora o fato de muitos desses candidatos serem corruptos e ligados a organizações criminosas, mesmo com este elenco à sua disposição, Ciro Gomes escolheu a honesta e intelectualmente sofisticada Márcia Tiburi para dar de exemplo do que ‘o eleitorado não quer”, escreveu.

“Ele está sendo oportunista e falso-moralista com o objetivo de ampliar seu eleitorado usando a filósofa como escada. Nesse sentido, já-já ele estará fazendo referências negativas a mim também”, acrescentou o ex-deputado.

O PT, por sua vez, não aceita Ciro Gomes ser contra a continuidade da campanha “Lula Livre”, encabeçada pela militância e políticos de centro-esquerda.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *