Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Homem mata patrão por chama-ló de gay no Pará

O acusado se entregou e apresentou sua versão dos fatos

Era por volta de 8h30 da manhã deste sábado (15), quando um funcionário, identificado como Idelmar Gomes Pereira, mais conhecido pelo apelido Cuiabano, de 45 anos, utilizando uma espingarda atirou e matou o patrão, identificado como Josean da Silva Abreu, de 45 anos, dentro da própria empresa, uma Auto Elétrica, localizada na Sétima rua, bairro Bela Vista.

Conforme o que informou o delegado a motivação do crime seria o fato de, durante brincadeiras, o empresário ter chamado o funcionário de “gay” e o mesmo não ter gostado.

Assim que foi comunicada sobre o fato, a polícia seguiu para o local do ocorrido para fazer os procedimentos necessários. O acusado do homicídio entregou-se à polícia logo em seguida e registrou a sua versão dos fatos.

Conforme o que foi apurado, Josean já foi candidato ao cargo de vereador ao lado de Ivan D’Almeida. O acusado ia montar uma empresa, mas ainda atuava como funcionário de Josean.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.