conecte-se conosco

Brasil

Trabalhou em 2018? Governo reabre o calendário do PIS, com uma retirada máxima de R$ 1.045

O valor em 2020 varia de acordo com o número de meses trabalhados no ano base e pode atingir a faixa de 1.045 reais

Publicados

em

Aproximadamente 2,09 milhões de trabalhadores que não resgataram o subsídio salarial do PIS/Pasep para o ano civil de 2019/2020 terão uma nova oportunidade de retirada. Um total de 1,3 bilhão em valores a serem liberados novamente aos beneficiários.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, aqueles que perderam seus benefícios que expiraram em 29 de maio de 2020 poderão resgatá-los no calendário 2020/2021, de acordo com a Resolução 838 do Codefat de 24 de setembro de 2019. Os valores para 2020 variam de acordo com dependendo do número de meses trabalhados no ano base e pode chegar a R$ 1.045,00.

Quem tem direito à reabertura do abono?

Primeiro, o funcionário deve cumprir todas as regras do programa ao mesmo tempo, por exemplo, trabalhar formalmente pelo menos 30 dias no ano base, neste caso 2018, com ganhos mensais de até dois salários mínimos.

Também é necessário que ele esteja inscrito no PIS/Pasep por pelo menos cinco anos e tenha os dados corretamente informados na Relação de Informações Sociais (RAIS). Além disso, o destinatário não pode ter retirado o benefício anteriormente.

Quando o calendário do PIS será reiniciado?

O saque das quantias referente ao abono 2019/2020 teve início em 16 de julho, seguindo o mesmo calendário de pagamento do benefício 2020/2021. Em ambos os casos, o limite para o resgate é até o dia 30 de junho de 2021.

Confira a seguir o calendário com as datas divulgadas:

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020;
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020;
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020;
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020;
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021;
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Para saber se tem direito ao abono salarial, o trabalhador de empresa privada pode consultar os canais de atendimento da Caixa, como o aplicativo Caixa Trabalhador, site ou pelo telefone 0800 726 0207.

No caso de servidores públicos, que recebem o Pasep, funcionam os seguintes números das centrais de atendimento: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas), 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Por Renato Soares via Edital Concursos Brasil

Propaganda