conecte-se conosco

Brasil

Governo divulga calendários da 4ª e 5ª parcelas do Auxílio Emergencial de R$ 600 cada; confira

Pagamento do benefício será feito em ciclos; veja como tudo vai funcionar

Publicados

em

O Ministério da Cidadania publicou um cronograma para novos pagamentos de ajuda de emergência nesta sexta-feira (17). A transferência de benefícios será estendida até o final do ano para os últimos cidadãos aprovados. Uma mudança importante é que as últimas parcelas (a 4ª e a 5ª) não serão mais divididas, ou seja, cada uma será paga com o valor inteiro de R$ 600. Conforme divulgou o site TecMundo.

Os novos pagamentos destinam-se a beneficiários que se inscreveram no esquema por meio do site e aplicativo, além daqueles que fazem parte do Cadastro Único, mas não recebem o Bolsa Família.

Quais são as últimas alterações?

Para os beneficiários já citados, o novo calendário altera a data de liberação para saques e transferências desde a terceira parcela. Sendo assim, todos os trabalhadores que já receberam ao menos uma parcela terão saques e transferências de duas parcelas liberadas em um mesmo dia.

O pagamento do auxílio continuará sendo feito, primeiramente, por meio do crédito nas poupanças sociais digitais. Posteriormente, os recursos serão disponibilizados para saques e transferências, como medida para evitar aglomeração de pessoas em agências bancárias.

Os novos calendários do Auxílio Emergencial

Lote 1: Para os beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio até 30 abril de 2020.

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Lote 2: Para os beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio em maio de 2020.

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Lotes 3 e 4: Para os beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio nos dias 16 e 17 de junho (lote 3) e de 27 de junho a 4 de julho de 2020 (lote 4).

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Lote 5: Para os beneficiários que se cadastraram por meio da plataforma digital entre os dias 17 de junho e 2 de julho de 2020.

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Fonte: Ministério da Cidadania/Economia G1/Reprodução

Vale lembrar que as mudanças não afetam os trabalhadores que estão recebendo o Bolsa Família.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *