conecte-se conosco

Política

Governo decide nesta sexta-feira sobre novo decreto de isolamento social no Ceará

Equipe do estado se reunirá para avaliar dados da área de saúde e determinar quais regiões avançam no plano de retomada das atividades

Publicados

em

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), disse nesta quinta-feira (18), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, que nesta sexta-feira (19) tomará as decisões necessárias sobre o novo decreto estadual de isolamento social. Segundo ele, toda a equipe do governo estará reunida para avaliar as próximas fases da reabertura econômica em Fortaleza e no interior.

Fortaleza está na fase 1 do plano de reabertura das atividades econômicas, enquanto que as cidades do interior continuam na fase de transição. O avanço de fase depende dos dados sobre a pandemia do coronavírus.

“Nós vamos discutir quais são as regiões que passam de fase para tomar a decisão com muita responsabilidade. Estamos também a partir de amanhã iniciando a distribuição de 5 milhões de máscaras para famílias de baixa renda”, disse.

Pesquisa

O governador também disse que na manhã desta sexta-feira serão apresentados dados da primeira etapa da pesquisa de soroprevalência na capital.

“Para a primeira etapa foram 3.300 amostras realizadas em Fortaleza. Nós vamos ter ideia do percentual de fortalezenses que já tiveram o vírus, que já foram contaminados ou que já têm anticorpos. É uma informação importantíssima para que a gente possa tomar as decisões, inclusive de reabertura na capital”.

Santana ainda afirmou que a essa mesma pesquisa foi iniciada nesta quinta-feira na cidade de Sobral, região norte do estado.

O governador ainda reforçou a prorrogação do pagamento das contas de luz e água para os consumidores de baixa renda do Ceará. “São mais de 500 mil famílias cearenses tendo as contas zeradas. Vamos prorrogar para os meses de julho e agosto. Estou conversando com a Enel”.

Covid-19 no Ceará

O Ceará chega aos 88.132 mil diagnósticos positivos do agente infeccioso da Covid-19 e soma 5.393 mortes. Os dados são da última atualização da plataforma IntegraSUS, feita às 18h38 desta quinta-feira (18). Na segunda-feira (15), três meses após a confirmação dos três primeiros casos da doença no estado, o Ceará ultrapassou os cinco mil mortos em razão da enfermidade.

Em Fortaleza, o número de diagnosticados com o vírus é de 32.226 o maior do estado desde o início da pandemia. A capital contabiliza ainda 3.087 óbitos pela doença.

Os municípios cearenses que apresentam os maiores números da pandemia depois de Fortaleza são Sobral (4.711 casos e 184 mortes); Caucaia (3.198 casos e 243 mortes); e Maracanaú (2.909 casos e 194 mortes).

O IntegraSUS aponta que há ainda 57.813 casos suspeitos, em investigação. Já foram realizados 208.000 testes em todo o estado. Ao todo, 64.271 pessoas já se recuperaram da doença no Ceará.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Via G1

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *