Siga-nos nas redes sociais

Policia

Fundador da facção GDE é preso após investigações

Marquim Chinês foi capturado no mês passado, em Caucaia

Publicados

em

O homem acusado de ser o fundador da facção criminosa “Guardiões do Estado”, a GDE, foi preso no último dia 19 de setembro após uma investigação da Polícia Civil. Marcos da Silva Pereita, conhecido como “Marquim Chinês” foi capturado em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. As informações foram repassadas nesta segunda-feira (22), pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Além de Marquim, policiais da Draco também prenderam outro traficante, Marcos André Silva Ferreira, conhecido como “Dedé”, foi detido numa academia de ginástica de luxo na Aldeota, em Fortaleza. Ele atuava na venda de drogas na Capital.

Segundo a Polícia, Marquim era um dos grandes fornecedores de cocaína para a liderança da facção criminosa. Os entorpecentes eram vendidos em pontos da área nobre de Fortaleza. Com ele estava uma quantia de quase R$ 19 mil em espécie.

Já o papel de Dedé na organização ainda está sendo apurado. Dedé é estudante de Direito e morava em um apartamento de luxo na Av. Beira-Mar. Com ele, os policiais da Draco apreenderam R$ 5 mil reais em espécie e três carros.

No apartamento de Dedé, a Polícia encontrou uma procuração no nome do Auricelio Sousa Freitas, conhecido como “celinho” e um dos mandantes da chacina do Forró do Gago, no bairro Cajazeiras. A Polícia está investigando pra saber qual a ligação de Aurélio com os dois.

De acordo com as informações repassadas, a investigação que levou à captura dos traficantes durou dois meses. Marquim foi preso em uma padaria no dia 19 de setembro. A Polícia perseguiu os dois, mas Dedé conseguiu fugir e só foi preso no dia 10 de outubro.

Matéria do Cnews

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *