Colegas abrem e enchem os olhos de menina de 7 anos com papel dentro de escola por "brincadeira" - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Mundo

Colegas abrem e enchem os olhos de menina de 7 anos com papel dentro de escola por “brincadeira”

A estudante teve seus olhos abertos à força por três meninos para que colocassem pedaços de papel de um caderno em Henan, no centro da China

Uma aluna foi levada para o hospital depois que sua mãe viu pedaços de papéis emergir de seu olho. A menina de sete anos, conhecida como Duoduo, disse que foi parada por três meninos de sua classe e forçada a colocar pequenos pedaços de papel em seus olhos em 28 de setembro.

A Sra. Li afirmou que Duoduo se queixou de visão turva e a levou a um hospital em Henan, no centro da China, para tratamento. Especialistas que trataram Duoduo disseram que nunca viram um caso como este, informou o canal City Channel da Henan Television.

O vídeo mostra o médico usando cotonetes de algodão para tirar um pequeno pedaço de papel dos olhos de Duoduo enquanto uma enfermeira a segura.

Outros pedaços de papel emergem à medida que Duoduo movimenta os olhos.

O médico disse que recuperou dezenas de pedaços de papel durante um mês de visita, mas não tem certeza se todos os pedaços já haviam saído.

A Sra. Li disse: “Eles [os meninos] abriram-lhe os olhos bem abertos…amassaram alguns pedaços de cada vez e os espremeram. As sobras de papel amarelo e branco são dos cadernos.”

Ela relatou o assunto à Escola Primária Dajian em Yuzhou, onde Duoduo participou durante o terceiro ano.

O Sr. Wang, diretor da escola, confirmou o incidente, mas afirmou que os meninos não tinham a intenção de prejudicar Duoduo.

Ele disse: “Os jovens de sete e oito anos não são maliciosos. Eles estão apenas brincando”.

A Secretaria de Educação de Yuzhou lançou uma investigação e condenou o diretor da escola e o professor por levarem o assunto de ânimo leve. A escola concordou em pagar o tratamento médico de Duoduo até que ela esteja totalmente recuperada.

Os meninos e seus pais também pediram desculpas à Sra. Li e sua filha.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *