Siga-nos nas redes sociais

Noticias

Chacina em Sobral deixa três mortos na madrugada desta sexta; vítimas seriam integrantes do PCC

Neste ano, ao menos, 13 pessoas foram assassinadas no Município de Sobral

Publicados

em

Três homens foram assassinados na madrugada desta sexta-feira (22), na cidade de Sobral, na Região Norte do estado do Ceará (a 224Km de Fortaleza). De acordo com a classificação estabelecida pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o triplo homicídio é considerado um caso de chacina. Os três homens, que seriam membros de uma facção criminosa, foram mortos atingidos com tiros de pistola disparados dentro de uma residência no bairro Sumaré, por volta de 3h30.

Segundo os primeiros levantamentos realizados pela Polícia Militar no local do crime, a casa, localizada na Rua da Ferroviária, foi invadida por, no mínimo, três pessoas armadas. As vítimas estariam, aparentemente, desarmadas e não tiveram como reagir contra os invasores ou fugir do local. Dois dos três mortos foram encontrados caídos, baleados, juntos, em um quarto da casa. O terceiro morto foi encontrado noutro cômodo e estaria sendo medicado, pois tomava soro quando foi também assassinado.

Os corpos foram retirados de dentro da casa por volta de 5h30, após um minucioso trabalho realizado pela equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), do Núcleo de Sobral. Também estiveram no local da chacina inspetores da Delegacia Regional de Polícia Civil e patrulhas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) do 3º BPM.

De facção

A Polícia identificou as vítimas como sendo Bruno Sousa e Silva, 22 anos, natural de Sobral, conhecido pelo apelido de “Patati”, indiciado em três inquéritos policiais por crime de porte ilegal de armas; Ricardo Lopes Cunha, 20 anos, natural de Irauçuba, conhecido como “Pìtel”, sem antecedentes criminais; e Mário Ferreira Alves, 20 anos, natural de São Paulo, residente em Tianguá, já indiciado por crimes de tráfico de drogas, receptação e porte ilegal de arma. Os três seriam membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

O bairro Sumaré é uma das comunidades periféricas de Sobral onde o tráfico de drogas e a atuação de facções inquietam os moradores e preocupam as autoridades policiais. A PM tem intensificado ações de patrulhamento diariamente nessas áreas, porém, os criminosos teimam em atuar na guerra pelo domínio de território do tráfico.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Região

À procura de criança, bombeiros acabam encontrando corpo de homem em rio

As buscas pelo garoto serão retomadas nesta segunda-feira, 22, a partir das 8 horas, com nova varredura no rio Siqueira

Publicados

em

O corpo de um homem, de aproximadamente 40 anos, foi encontrado neste domingo, 21, pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) no encontro do rio Siqueira com Ceará, enquanto os agentes realizavam buscas para tentar localizar um garoto de cinco anos que se afogou na sexta-feira, 19.

De acordo com informações do major Daniel Oliveira Landim, a vítima não foi identificada e o corpo já apresentava estado avançado de decomposição. “A condição do corpo parecia compatível com a de alguém que morreu há pelo menos cinco dias”, conta.

Conforme os bombeiros, não havia nenhum registro de pessoa desaparecida em decorrência de afogamento com essas características. A identificação do corpo ficará a cargo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), que também compareceu ao local para a realização dos devidos procedimentos periciais.

As buscas pelo garoto serão retomadas nesta segunda-feira, 22, a partir das 8 horas, com nova varredura no rio Siqueira, ampliada até o rio Ceará.

O POVO

Continue lendo

Brasil

Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão

Amigos e familiares da adolescente lamentaram o ocorrido

Publicados

em

Neste domingo (21), todos foram pegos de surpresa com uma notícia pra lá de chocante. Isso porquê, uma grande repercussão foi gerada diante de uma publicação feita por um amigo de Yasmim Gabrielle, nome conhecido por fazer participações especiais no ‘Programa Raul Gil’.

Ela pode ser lembrada por fazer parte de quadros infantis que eram veiculados na atração exibida no SBT anos atrás, e além do seu forte carisma, poderia ser conhecida por realizar performances musicais no programa ao longo da sua infância. Em um post publicado no início da tarde de hoje através do Facebook, Luis Gabriel lamentou a perda da amiga, que, segundo ele, faleceu em virtude de uma depressão, e tirou sua própria vida aos 17 anos.

“Vocês sabem o que é DEPRESSÃO? Pra quem não sabe ou ACHA que sabe, é uma doença muito grave que atinge o altoestima, psicológico e o emocional das pessoas… Sabem essa princesa? Infelizmente essa “FRESCURA” levou mais uma vítima, uma menina linda, nova, que tinha tantos futuros em sua frente, mas que essa doença bloqueou o seu futuro promissor e feliz…“, lamentou o rapaz.
Yasmim Gabrielle – Reprodução/Facebook

Desacreditado com o suicídio da adolescente, ele concluiu o post: “É triste saber que você se foi dessa forma Princesa, agora o palco dos céus é seu, chega, brilhe, cante ao lado de JESUS, seja a estrela que você foi aqui…. Vai em Paz”, concluiu. Até a conclusão desta matéria, a publicação somava mais de 4 mil curtidas e compartilhamentos.

Última vez na TV

A mais recente aparição de Yasmin no programa do Raul Gil aconteceu em meados de 2017, quando ela surgiu ao lado de Milena, outro nome bastante conhecido pelo público e que cresceu nas telinhas participando da atração. Ambas relembraram suas respectivas passagens ao longo da atração, onde a adolescente relembrou as percas que teve da mãe e do irmão, que chegaram a falecer em virtude de câncer.

Continue lendo

Mundo

Bebê de 14 meses morre depois que a mãe o deixou no carro quente por 6 horas para fumar drogas

Uma mãe da Flórida é acusada de deixar seu filho de 14 meses em um carro quente por pelo menos seis horas enquanto fumava maconha e usava cocaína

Publicados

em

De acordo com a Florida Today, Emily Hartman, 26 anos, é acusada de deixar Richard Wighard sozinho em seu carro em vários casos entre 3 de abril e 4 de abril. Com o filho no carro, ela teria bebido com um amigo em um bar e passou o noite de 3 de abril encontrando várias pessoas. Na manhã seguinte, ela supostamente pegou um pequeno saco de cocaína para vender e entrou em uma casa em North Melbourne – onde fumava maconha enquanto deixava Wighard sem vigilância em seu carro por até seis horas.

Depois de deixar a residência em North Melbourne, Hartman supostamente levou seu filho sem resposta para a Estação de Bombeiros 71 em Melbourne por volta das 13h do dia 4 de abril. Lá, equipes de emergência determinaram que ele estava sofrendo de uma doença relacionada ao calor e o levaram para o hospital.

A WESH informou que Wighard foi levado de helicóptero para um hospital de Orlando, onde morreu dois dias depois.

Citando documentos policiais, o Florida Today informou que Hartman admitiu que o motor do carro estava desligado quando ela deixou seu filho sozinho amarrado em seu assento de carro. WESH notou que o carro estava estacionado ao sol durante aquelas seis horas que Wighard estava no veículo.

WKMG informou que Hartman inicialmente disse à polícia que ela e seu filho tinham ido a uma mercearia e, enquanto se afastava, ela ouviu um ruído borbulhante e testemunhou ele tendo uma convulsão. Não foi até a polícia pressioná-la sobre a questão que ela supostamente admitiu deixar seu filho no veículo .

Hartman foi preso no início desta semana e acusado de homicídio culposo por negligência, porte com intenção de vender cocaína e posse de menos de 20 gramas de maconha. Na quarta-feira, um juiz ordenou que ela permanecesse presa sem fiança.

De acordo com os dados do site No Heat Stroke, Wighart foi o primeiro de dois filhos a morrer este ano em um carro quente. No ano passado, um total de 51 crianças morreram por causas relacionadas a insolação de veículos.

Continue lendo

Policia

Menor esfaqueia e mata o próprio tio em Camocim, interior do Ceará

Com esse caso o município de Camocim chega ao terceiro homicídio neste ano

Publicados

em

Um menor de idade foi apreendido por policiais militares da Viatura Raio 055 após ter esfaqueado e matado seu próprio tio no bairro da Olinda. O último caso de homicídio ocorreu em no dia 20 de Março.

De acordo com as informações enviadas ao Camocim Polícia 24h pelo policiamento que atendeu a ocorrência, era por volta das 10h50 deste domingo, 21, quando um menor de idade de iniciais M.W. teria ido a casa de seu tio identificado como Vicente Brito do Nascimento, 27 anos, para tomar satisfações.

Chegando ao local o menor viu seu tio e sem perca de tempo partiu pra cima e desferiu dois golpes de faca, uma na nuca da vítima e outra no peitoral. Após o sinistro o menor fugiu do local. Uma viatura da Força Tática foi enviada ao local e já se deparou com a vítima toda ensanguentada no chão, mais ainda vivo. Os próprios pm’s o socorreram na viatura, no entanto, assim que chegou no HDMA e foi levado para ser atendido ele não resistiu e veio a óbito.

Após o sinistro, todo o policiamento da área iniciou as diligências a procura do menor acusado. Minutos depois, a Viatura Raio 055 recebeu informações a cerca do paradeiro do menor e conseguiu capturá-lo ainda nas proximidades do crime. O menor recebeu voz de apreensão e foi conduzido para a DPC onde será feito um procedimento por homicídio e será encaminhado para um Centro de Ressocialização para Menores infratores.

Vale ressaltar que o menor acusado já tem outras passagens pela polícia, inclusive já foi apreendido por tráfico de drogas e é temido no bairro da Olinda.

Camocim Polícia24h

Continue lendo

Politica

Confederação Israelita processa Ciro Gomes

Mais um processa para o pedetista responder na justiça

Publicados

em

A Confederação Israelita do Brasil denunciou Ciro Gomes na Justiça por antissemitismo, relata O Globo.

Em entrevista ao HuffPost Brasil, o pedetista havia afirmado o seguinte:

“Agora Bolsonaro diz aos grupos de interesse o que eles querem ouvir. Por exemplo, para os amigos dele aí, esses corruptos da comunidade judaica, que acham que, porque são da comunidade judaica, têm direito de ser corrupto.”

Para a Confederação Israelita, Ciro “ataca de forma generalizada” os membros da comunidade ao chamá-los de “corruptos”.

“Não vemos Ciro ligar outras minorias ou grupos à corrupção no Brasil. Se pretende ser visto como um político despido de ódios e preconceitos, cabe ao ex-governador se retratar das infelizes declarações contra os judeus brasileiros.”

O Antagonista

Continue lendo

Recomendamos

Publicidade