conecte-se conosco

Policia

Polícia Civil do Ceará prende integrante de organização criminosa em operação conjunta em Sergipe

O suspeito tinha dois mandados de prisão em aberto por crimes cometidos no Ceará e é investigado por coordenar ações criminosas no Estado

Publicados

em

Uma operação coordenada pela Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na prisão de um dos integrantes de uma organização criminosa com atuação do Ceará, durante uma operação conjunta com a Polícia Civil do Estado de Sergipe, por meio de equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais. Francisco Marcilieudo Mesquita da Silva (38), conhecido como “Dão”, foi preso, nessa quinta-feira (11), no município de Itabaiana, na região do agreste sergipano.

Natural de Morada Nova, na região do Vale do Jaguaribe, “Dão” é investigado pelo envolvimento na série de ações criminosas ocorridas no Ceará no ano de 2019. Ele é alvo de investigações da Draco pela relação próxima que tinha com um dos “cabeças” da organização criminosa, o comparsa Ednal Braz da Silva (46), o “Siciliano”, recambiado de uma unidade prisional de Pernambuco, em setembro de 2019. “Siciliano”, como apontam os levantamentos policiais, foi responsável por ordenar as ações criminosas contra o patrimônio público e privado de dentro de uma prisão no interior pernambucano. “Dão” teria ascendido o posto na hierarquia da orcrim após a prisão do comparsa.

Nas duas passagens registradas pela Polícia Civil no Ceará, “Dão” foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, associação criminosa, lesão corporal, resistência, desacato, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. Os mandados judiciais contra ele são referentes aos crimes de homicídio qualificado e por integrar organização criminosa. Pelo homicídio, “Dão” foi condenado a cumprir pena superior a 24 anos. Na cidade de Itabaiana, “Dão” foi localizado em um imóvel num bairro nobre.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *