Siga-nos nas redes sociais

Região

Ceará já acumula quase o dobro de água que havia nos açudes em abril de 2018

O acúmulo de água nos 155 açudes cearenses até aqui é de 17,64%, índice maior que os 9,40% registrados nessa mesma época do ano em 2018

Publicados

em

O ano de 2019 traz um número esperançoso para o cearense. Só nestes primeiros 100 dias, com as fortes chuvas, foram registrados até esta quarta-feira (10) aporte de água em 143 dos 155 açudes do estado. Ao todo, 29 deles estão com 100% da capacidade, a maioria na Região Metropolitana de Fortaleza. A matéria foi publicada no site Tribuna do Ceará.

O aporte 1.777.019.444 m³ representa apenas 17,64% do que é possível acumular mas, em 2018, este número foi de 9,40%. Os dados são da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Em 1º de janeiro, o acúmulo era de 1,99 bilhão de m³, o que representa 10,68% da capacidade total dos açudes. De acordo com o site da Cogerh, houve aumento de 1.025.226.195 m³ do volume armazenado.

Considerando a estimativa do volume evaporado e o volume liberado neste período, houve aumento de 1.777.019.444 m³ somando as 12 bacias do estado.

Até 9 de abril deste ano, os 155 açudes do estado já somam 3,29 bilhões de acúmulo nos reservatórios. Esse número representa 17,64%. Há um ano, o volume era de 1,75 bilhão de metros cúbicos, cerca de 9,40%. Das doze bacias do Ceará, apenas duas não registraram algum açude com acúmulo total: a do Médio Jaguaribe e a da Serra da Ibiapaba.

Na bacia de Acaraú, os açudes de Sobral (Sobral), São Vicente (Santana do Acaraú), Jenipapo (Meruoca) e Acaraú Mirim (Massapê) estão com 100% da capacidade (4). No Alto Jaguaribe, Valério (Altaneira) e Caldeirões (Saboeiro) também estão com volume total (2). Em Russas, no Baixo Jaguaribe, o Santo Antônio de Russas também está com aporte total (1). 7

Na bacia de Banabuiú, apenas o São José I, em Boa Viagem, está com volume completo (1). Na bacia Coreaú, são seis ao todo: Várzea de Volta (Moraújo), Tucunduba (Senador Sá), Trapiá III (Coreaú), Itaúna e Gangorra (Granja) e Diamantino III (Marco) estão com 100% da capacidade. (6)

Na bacia de Curu, apenas o açude Itapajé, na própria cidade, está cheio (1). Na do Litoral são quatro(5): São Pedro Timbaúba (Miraíma), Quandú, Gameleira e Poço Verde (Itapipoca) e Patos (Sobral). Nas bacias metropolitanas, maior número de cheias: Tijuquinha (Baturité), Maranguapinho e Itapebussu (Maranguape), Germinal (Palmácia), Cocó (Fortaleza), Cahuipe (Caucaia) e Batente (Ocara) (7). Na bacia do Salgado, apenas o açude Gomes, em Mauriti, está com o aporte total (1). No Sertão dos Inhamúns, apenas a Barragem do Batalhão, em Crateús (1).

Só no mês de março, o Ceará registrou chuvas 20% acima da média histórica. É a maior porcentagem da década para o mês. Nas últimas 24 horas, choveu em 66 municípios em todo o estado. As maiores chuvas foram em Orós (56mm), Tabuleiro do Norte (29.8mm) e Salitre (24mm). A previsão para a quarta-feira é de nebulosidade variável com possibilidade de chuva em todas as regiões.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Região

Motociclista morre em colisão com carro entre Sobral e Santana do Acaraú; moto tinha a placa de Massapê

A colisão ocorreu no trecho que foi destruído pelo rompimento da barragem salgadinho, outros acidentes já foram registrados no local, apesar do perigo as autoridades ignoram a sinalização do trecho

Publicados

em

Mais um grave acidente e dessa vez com vitima fatal, foi registrado na noite desta quinta-feira (18) no Km 84 da CE 178, rodovia que liga Santana do Acaraú à Sobral, região noroeste do Ceará.

Segundo publicação nas redes sociais, um veículo branco com placas de Sobral POU 4030 colidiu de frente com uma motocicleta vermelha com placa de Massapê, o impacto foi tão violento que a motocicleta foi arremessada para fora da pista e ficou destruída, o condutor morreu no local.

A Policia Rodoviária Estadual foi acionada e compareceu ao local e as primeiras medidas foram adotadas.

Tribuna dos Vales

Continue lendo

Região

Jovem morre afogado em cachoeira na zona rural de Tianguá

Vítima era morador da cidade de Frecheirinha e havia ido para o local com um grupo de amigos

Publicados

em

Um jovem de 22 anos, morreu afogado na localidade conhecida como “Cachoeira do Pinga”, na zona rural do município de Tianguá, no fim da tarde desta quinta-feira (18).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Francisco Teles de Andrade. Ele era morador da cidade de Frecheirinha e havia ido para a cachoeira com um grupo de amigos.

Conforme os policiais, o corpo de Francisco Teles foi recolhido pela Perícia Forense e encaminhado para o IML de Sobral.

DN

Continue lendo

Região

Tremor de terra assusta moradores de Boa Viagem e municípios vizinhos durante a madrugada

Moradores da sede e da zona rural de Boa Viagem, Quixeramobim e Madalena foram surpreendidos pelo abalo sísmico

Publicados

em

Um tremor de terra assustou moradores de Boa Viagem, Quixeramobim e Madalena na noite desta quinta-feira (18). O fenômeno aconteceu por volta das 23h30min e foi sentido na sede e na zona rural das cidades, conforme relatado por testemunhas.

De acordo com o agricultor Jailson Lima, morador do distrito de Olho D’água do Bezerril, localizado a 60 quilômetros de distância da sede de Boa Viagem, foi ouvido um forte estrondo no momento do fenômeno. “Foi um barulho de cerca de 40 a 50 segundos e em seguida as telhas das casas começaram a tremer”, relata.

Conforme Jailson, quando o tremor parou alguns moradores chegaram a sair das casas e foram para a rua conferir o que teria acontecido. “Esse fenômeno nunca tinha acontecido aqui onde eu moro, mas na sede do município isso já vem acontecendo”, afirma. No dia 20 de março a cidade de Boa Viagem foi atingida por um tremor de terra de magnitude 2,9 na escala Richter.

Segundo um funcionário do Hospital Municipal Casa de Saúde Adília Maria, localizado no Centro de Boa Viagem, não houve registro na unidade de saúde de pessoas feridas por causa do fenômeno.

Em Quixeramobim, moradores relataram nas redes sociais que o tremor foi sentido nos distritos de Damião Carneiro, Manituba e Passagem. Já em Madalena, a área urbana foi um dos locais onde o abalo sísmico aconteceu.

Causas

Os tremores de terra ocorridos no Ceará são monitorados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN).

Conforme o Laboratório, os tremores ocorrem devido a fossas subterrâneas que estão constantemente em atividade sismológica.

As fossas são ligadas ao encontro das placas tectônicas no Oceano Atlântico, que ligam a América do Sul ao continente africano. Os tremores também podem estar relacionados à atividade sismológica das placas tectônicas.

DN

Continue lendo

Região

Motorista e passageiro escapam com vida de acidente assustador em Quixadá

O carro de passeio ficou partido ao meio no meio da estrada

Publicados

em

Um acidente que aconteceu nesta quarta-feira (17) na estrada que dá acesso ao distrito de São João dos Queiroz, em Quixadá, assustou a todos mas não deixou nenhuma vítima.

Ao tentar desviar de um buraco, o motorista de um carro bateu em uma van. A van foi para fora da estrada e ninguém ficou ferido. O Fiat foi dividido em dois. Motorista e passageiro saíram andando.

Quem chegava para ver o acidente, não acreditava que não houve vítimas.

Continue lendo

Região

Aumento da conta de energia residencial do Ceará será de 7,39%

O aumento médio será de 8,2%. O aumento entra em vigor na próxima segunda-feira, 22

Publicados

em

Foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o aumento da conta de energia para os clientes da Enel Distribuição Ceará. O aumento médio será de 8,2%. Para clientes residenciais, o reajuste será de 7,39%.

O aumento para estabelecimentos que usam energia de baixa tensão será de 8,35%. Para consumidores de média e alta tensão, como indústrias e grandes comércios, o aumento será de 7,87%.

O aumento entra em vigor na próxima segunda-feira, 22. A aprovação ocorreu nesta terça-feira, 16.

O principal argumento para o aumento é o custo da compra de energia. Já consta neste reajuste o desconto do pagamento do empréstimo da Conta ACR, que representou 3,15%. A Conta-ACR foi criada pela Aneel para repassar às distribuidoras os custos de compra de energia não previstos e pagos pelas concessionárias entre fevereiro e dezembro de 2014.

A revisão tarifária da Enel ocorre a cada quatro anos, conforme estabelece o contrato de concessão. Além disso, há um reajuste anual de revisão da tarifa.

A Enel divulgou como fica a composição tarifária da conta após o aumento aprovado nesta terça:

Composição da tarifa da Enel (Foto: ENEL/DIVULGAÇÃO)

O POVO

Continue lendo

Recomendamos

Publicidade