Siga-nos nas redes sociais

Região

Castanhão começa a receber a primeira recarga de água deste ano; volume já subiu

Reservatório começou a receber águas vindas do Vale do Salgado, no Cariri. Cerca de 60% da água que abastece o reservatório vêm do Vale do Salgado

Publicados

em

As águas que vêm causando estragos na região do Cariri cearense trazem também esperança para o sertanejo. O maior açude do Ceará, o Castanhão, no Vale do Jaguaribe, começa a receber a primeira recarga deste ano. Cerca de 60% da água que abastece o reservatório vêm do alto sertão cearense, das chuvas que banham a maior parte da região do Cariri, ou seja, do Vale do Salgado. Depois de percorrer mais de 200 quilômetros pelo Rio Salgado, o recurso hídrico seguiu por Icó, Jaguaribe e Jaguaribara, na bacia do reservatório. As informações são do DN.

O volume do Rio Jaguaribe aumentou nas margens da velha Jaguaribara, enchendo de alegria os agricultores e piscicultores. A antiga passagem molhada está encoberta e a travessia é feita por barcos pelos moradores ribeirinhos.

O Açude Castanhão acumula 4,2%, de acordo com dados do Portal Hidrológico da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh). O reservatório precisa “renascer” para que as atividades agropecuárias que dependem dele – agricultura e piscicultura – possam ser retomadas, e as famílias tenham trabalho e renda no campo. A maior e mais importante reserva hídrica do Estado é fundamental para o abastecimento humano do Médio e Baixo Jaguaribe e da Região Metropolitana de Fortaleza. “Isso aqui é uma riqueza para nós”, disse o criador de bovinos, Ediano Brito. “Há poucos dias estava tudo seco e o nosso medo era que o gado passasse sede”.

O Rio Salgado, que recebe as águas do Sul do Ceará, desemboca no Rio Jaguaribe, após a cidade de Icó. O recurso hídrico segue em direção à localidade de Mapuá e depois à cidade de Jaguaribe, onde há a barragem de Sant’Ana, com balneário. Em seguida passa às margens da antiga cidade de Jaguaribara, que foi encoberta pelas águas do Castanhão, pela primeira vez, em janeiro de 2004.

Na manhã desta sexta-feira, Maria do Carmo Marques e seu neto foram visitar as ruínas da velha Jaguaribara e ver o espetáculo da força da água escorrendo entre rochedos e as barreiras do Rio Jaguaribe. “É a primeira cheia deste ano e sempre que o rio tem água tudo fica muito bonito”, disse. “O plantio e a alimentação para o gado vão crescer”.

Moradora da cidade velha, Maria do Carmo compara com saudade: “Era uma cidade pequena e rica, não faltava nada, tinha tudo, as pessoas se conheciam. A nova Jaguaribara não tem emprego, não tem como plantar nada”, lamenta.

A professora do ensino fundamental, Edenúbia Bezerra da Silva, disse que estudou por dois anos na antiga Jaguaribara. “Tenho saudade das festas, dos colegas”, frisou. Os moradores lamentam a liberação de água para outras regiões. “O açude seca, fica ruim para nós, para os agricultores e pescadores”, disse o produtor rural, Elenízio Diógenes.

Pelo menos nos próximos cinco dias, o Castanhão deve continuar recebendo as águas da região do Cariri. No início do mês de março, passado, o reservatório acumulava 3, 48% e a partir desta data a reserva hídrica começou a subir devido às chuvas na bacia. Em 15 de março chegou a 3,58% e ontem chegou a 4,19%.

O clima é de alegria entre os agricultores e criadores de animais, mas de cautela entre os piscicultores. Para a retomada de parte dos projetos de criação de tilápia, o reservatório precisa atingir pelo menos 15%. “O nosso temor era de que não houvesse nenhuma recarga neste ano”, disse a secretária de Desenvolvimento, Aquicultura, Pesca e Turismo de Jaguaribara, Lívia Barreto.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Região

Motociclista morre em colisão com carro entre Sobral e Santana do Acaraú; moto tinha a placa de Massapê

A colisão ocorreu no trecho que foi destruído pelo rompimento da barragem salgadinho, outros acidentes já foram registrados no local, apesar do perigo as autoridades ignoram a sinalização do trecho

Publicados

em

Mais um grave acidente e dessa vez com vitima fatal, foi registrado na noite desta quinta-feira (18) no Km 84 da CE 178, rodovia que liga Santana do Acaraú à Sobral, região noroeste do Ceará.

Segundo publicação nas redes sociais, um veículo branco com placas de Sobral POU 4030 colidiu de frente com uma motocicleta vermelha com placa de Massapê, o impacto foi tão violento que a motocicleta foi arremessada para fora da pista e ficou destruída, o condutor morreu no local.

A Policia Rodoviária Estadual foi acionada e compareceu ao local e as primeiras medidas foram adotadas.

Tribuna dos Vales

Continue lendo

Região

Jovem morre afogado em cachoeira na zona rural de Tianguá

Vítima era morador da cidade de Frecheirinha e havia ido para o local com um grupo de amigos

Publicados

em

Um jovem de 22 anos, morreu afogado na localidade conhecida como “Cachoeira do Pinga”, na zona rural do município de Tianguá, no fim da tarde desta quinta-feira (18).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Francisco Teles de Andrade. Ele era morador da cidade de Frecheirinha e havia ido para a cachoeira com um grupo de amigos.

Conforme os policiais, o corpo de Francisco Teles foi recolhido pela Perícia Forense e encaminhado para o IML de Sobral.

DN

Continue lendo

Região

Tremor de terra assusta moradores de Boa Viagem e municípios vizinhos durante a madrugada

Moradores da sede e da zona rural de Boa Viagem, Quixeramobim e Madalena foram surpreendidos pelo abalo sísmico

Publicados

em

Um tremor de terra assustou moradores de Boa Viagem, Quixeramobim e Madalena na noite desta quinta-feira (18). O fenômeno aconteceu por volta das 23h30min e foi sentido na sede e na zona rural das cidades, conforme relatado por testemunhas.

De acordo com o agricultor Jailson Lima, morador do distrito de Olho D’água do Bezerril, localizado a 60 quilômetros de distância da sede de Boa Viagem, foi ouvido um forte estrondo no momento do fenômeno. “Foi um barulho de cerca de 40 a 50 segundos e em seguida as telhas das casas começaram a tremer”, relata.

Conforme Jailson, quando o tremor parou alguns moradores chegaram a sair das casas e foram para a rua conferir o que teria acontecido. “Esse fenômeno nunca tinha acontecido aqui onde eu moro, mas na sede do município isso já vem acontecendo”, afirma. No dia 20 de março a cidade de Boa Viagem foi atingida por um tremor de terra de magnitude 2,9 na escala Richter.

Segundo um funcionário do Hospital Municipal Casa de Saúde Adília Maria, localizado no Centro de Boa Viagem, não houve registro na unidade de saúde de pessoas feridas por causa do fenômeno.

Em Quixeramobim, moradores relataram nas redes sociais que o tremor foi sentido nos distritos de Damião Carneiro, Manituba e Passagem. Já em Madalena, a área urbana foi um dos locais onde o abalo sísmico aconteceu.

Causas

Os tremores de terra ocorridos no Ceará são monitorados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN).

Conforme o Laboratório, os tremores ocorrem devido a fossas subterrâneas que estão constantemente em atividade sismológica.

As fossas são ligadas ao encontro das placas tectônicas no Oceano Atlântico, que ligam a América do Sul ao continente africano. Os tremores também podem estar relacionados à atividade sismológica das placas tectônicas.

DN

Continue lendo

Região

Motorista e passageiro escapam com vida de acidente assustador em Quixadá

O carro de passeio ficou partido ao meio no meio da estrada

Publicados

em

Um acidente que aconteceu nesta quarta-feira (17) na estrada que dá acesso ao distrito de São João dos Queiroz, em Quixadá, assustou a todos mas não deixou nenhuma vítima.

Ao tentar desviar de um buraco, o motorista de um carro bateu em uma van. A van foi para fora da estrada e ninguém ficou ferido. O Fiat foi dividido em dois. Motorista e passageiro saíram andando.

Quem chegava para ver o acidente, não acreditava que não houve vítimas.

Continue lendo

Região

Aumento da conta de energia residencial do Ceará será de 7,39%

O aumento médio será de 8,2%. O aumento entra em vigor na próxima segunda-feira, 22

Publicados

em

Foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o aumento da conta de energia para os clientes da Enel Distribuição Ceará. O aumento médio será de 8,2%. Para clientes residenciais, o reajuste será de 7,39%.

O aumento para estabelecimentos que usam energia de baixa tensão será de 8,35%. Para consumidores de média e alta tensão, como indústrias e grandes comércios, o aumento será de 7,87%.

O aumento entra em vigor na próxima segunda-feira, 22. A aprovação ocorreu nesta terça-feira, 16.

O principal argumento para o aumento é o custo da compra de energia. Já consta neste reajuste o desconto do pagamento do empréstimo da Conta ACR, que representou 3,15%. A Conta-ACR foi criada pela Aneel para repassar às distribuidoras os custos de compra de energia não previstos e pagos pelas concessionárias entre fevereiro e dezembro de 2014.

A revisão tarifária da Enel ocorre a cada quatro anos, conforme estabelece o contrato de concessão. Além disso, há um reajuste anual de revisão da tarifa.

A Enel divulgou como fica a composição tarifária da conta após o aumento aprovado nesta terça:

Composição da tarifa da Enel (Foto: ENEL/DIVULGAÇÃO)

O POVO

Continue lendo

Recomendamos

Publicidade