Siga-nos nas redes sociais

Policia

Policial faz campanha para ajudar família de homem morto por ser eleitor de Bolsonaro

Mailton Gomes teria sido assassinado por ter manifestado voto a Jair Bolsonaro. “Quando eu vi aquela senhora e seus três filhos saindo da delegacia, me partiu o coração”, relatou o policial

Publicados

em

No começo da semana passada, um assassinato chocou o Ceará devido à banalidade que teria motivado o crime. Mailton Gomes Vieira, de 40 anos, morava na comunidade de Babilônia e foi retirado de dentro de casa na frente da família e assassinado de forma cruel.

Mailton Gomes teria sido assassinado por ter manifestado voto a Jair Bolsonaro (PSL). A polícia prendeu um homem que confessou e contou detalhes do crime.

A vítima deixou esposa e três filhos, que agora estão no Programa de Proteção à Testemunha, mas sem qualquer condição de se sustentar, já que Mailton era o provedor da casa.

Após o acontecimento, o inspetor da Polícia Civil Eliseu Carvalho está mobilizando as redes sociais para ajudar a família da vítima. Com a iniciativa dele, vários colegas de profissão se engajaram e estão ajudando a família. “Apesar de trabalhar todo dia com homicídio, a nossa sensibilidade diminui, mas ainda existe. Quando eu vi aquela senhora e seus três filhos saindo da delegacia, me partiu o coração”, lamenta Eliseu.

Foi quando decidiu fazer a campanha para arrecadar donativos para ajudar a família. “Eu espero que, a partir de agora, possamos fazer uma corrente do bem para ajudar não só a família do Mailton, mas também muitas outras pessoas do bem”.

Se você quiser ajudar a família, basta ligar para o telefone (85) 98549-2229. A sua ajuda é de fundamental importância.

Matéria do Tribuna do Ceará

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *