Connect with us

Policia

Bandidos voltam a aterrorizar e expulsar famílias de suas casas na periferia da Capital

A onda criminosa de expulsão de moradores de suas casas por membros de facções criminosas continua atingindo diversos bairros da Capital cearense e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF)

Publicado

em

Na noite desta terça-feira (6), a Polícia Militar teve que ser acionada para, ao menos, dois bairros da cidade por conta das ameaças de bandidos aos moradores.

No bairro Vicente Pinzón, na zona Leste de Fortaleza, uma dona de casa recebeu através de um bilhete o ultimato para deixar sua casa em até 24 horas. O mesmo aconteceu com vários moradores do Conjunto Palmeiras, no Grande Jangurussu.

No bairro Pedras, limite entre Fortaleza e o Eusébio, vários moradores já deixaram seus imóveis diante das ameaças dos traficantes e na iminência de um confronto armado que vendo tramado há dias e anunciado pelos próprios criminosos.

Reocupar

Há duas semanas, uma ordem judicial determinou que a Caixa Econômica, a Polícia Federal e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) providenciassem a retirada dos invasores de vários apartamentos em condomínios construídos pelo programa federal e estadual “Minha Casa, Minha Vida”, com a devida escolta policial. Até agora, a ordem não foi cumprida.

Em outras comunidades de Fortaleza, como o Passaré, Barroso, Álvaro Weyne (Floresta), além da Vila Velha, a Polícia Militar teve que montar uma operação de ocupação 24 horas, com a instalação de bases móveis e fixas para impedir que os traficantes e membros de facções expulsassem famílias de ruas inteiras. Em muitos casos, essa providência chegou tarde e hoje, várias ruas e bairros estão vazias com as casas abandonadas.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Propaganda
Clique e comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

Mais de 14 pessoas são mortas no Ceará em menos de 24 horas

Maioria dos crimes aconteceu em cidades do interior. Entre as vítimas, um oficial PM

Publicado

em

Por

Catorze assassinatos foram registrados nas últimas 24 horas no Ceará. Além de 10 casos ocorridos na terça-feira (13), mais quatro foram registrados entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira (14), véspera do feriado da Proclamação da República. A maioria dos homicídios, oito casos, ocorreu no interior do Interior. No acumulado do mês, já foram registrados 153 crimes de morte no estado.

Na madrugada de hoje, homicídios foram registrados nos Municípios de Russas (duplo assassinato) e Quixeré, na Região do Vale Jaguaribe, além da localização do cadáver de um homem, crivado de balas, na cidade de Milhã, no Sertão Central.

Na quarta-feira, ocorreram oito homicídios, sendo um em Fortaleza (um caso no bairro Carlito Pamplona), dois em Caucaia (sendo um deles, um duplo assassinato), alem de Maranguape, Maracanaú e Aquiraz.

No Interior um caso em Mauriti e outro em Tianguá (achado de cadáver).

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Policia

Morre coronel da PM esfaqueado pelo primo por defender Bolsonaro; assassino já está preso

Após ir para a Reserva, Gadelha foi morar com a família em Paracuru, onde ocorreu o crime

Publicado

em

Por

Subiu para 17 o número de agentes da Segurança Pública mortos no Ceará em 2018. A vítima mais recente da violência foi um oficial superior da Reserva Remunerada da Polícia Militar. O coronel PM Flávio Sales Gadelha faleceu na manhã desta terça-feira (13), em Fortaleza, onde estava hospitalizado desde a tarde do último domingo (11). Durante uma discussão política, o militar acabou sendo esfaqueado no peito por um primo.

Conforme as primeiras investigações realizadas pela Polícia, a discussão entre o militar e o primo girou em torno da vitória do candidato Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Gadelha era simpatizante do candidato vencedor e o primo defendia o candidato derrotado, Fernando Haddad (PT). Em meio ao bate-boca, o coronel foi atingido com um golpe de faca no peito.

Enquanto o agressor era preso e conduzido à cidade de Itapipoca para ser autuado em flagrante, o coronel foi estabilizado no Hospital Municipal de Paracuru e, em seguida, transportado para Fortaleza. Ele foi internado em um hospital particular e o quadro era estável. No entanto, na segunda-feira ele sofreu uma piora no quadro clínico e acabou falecendo ontem (13) por volta de 11 horas.

Gadelha ocupou vários cargos de comando e chefia no quadro de oficiais da Polícia Militar do Ceará, entre eles, o de diretor da Academia General Edgard Facó, instituição que formava os oficiais da Corporação. Foi também chefe do Comando do Policiamento do Interior (CPI) e comandou diversas companhias e batalhões da PM no estado.

O sepultamento do oficial acontece nesta quarta-feira (14), em Paracuru (a 100Km de Fortaleza).

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Policia

Jovens recebem bilhete com ameaça, têm casa arrombada e são assassinados em Caucaia

Segundo os familiares, cerca de 20 suspeitos invadiram o local

Publicado

em

Por

Dois jovens foram assassinados na rua Amazonas no bairro Picuí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo os familiares, há alguns dias, eles tinham recebido um bilhete com ameaça. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira(13).

Os familiares disseram ainda que cerca de vinte suspeitos arrombaram a porta da residência e fizeram vários disparos. Uma da vítimas, Francisco Gabriel Silva Pereira, de 21 anos, estava dormindo quando foi morto.

A outra vítima, identificada como Gabriel Wesley da Silva Costa, de 18 anos, tentou fugir, mas foi arrastado pelos suspeitos e morto na frente de casa. Os dois trabalhavam em uma vacaria no bairro. Os suspeitos continuam foragidos.

O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) esteve no local e vai investigar o caso.

Matéria do DN

Continue lendo
Advertisement