Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Adolescentes matam Policial Militar e jogam corpo em rio

Os três foram apreendidos e confessaram o crime. Policial estava desarmado quando foi abordado e morto quando os jovens perceberam que ele era PM. O carro dele foi roubado

Publicados

em

Um policial militar de 34 anos foi morto com dois tiros e teve o corpo jogado no Rio Paraíba após um assalto na madrugada desta sexta-feira (26) em Aparecida (SP). Três adolescentes foram apreendidos e confessaram o crime. O corpo do policial foi encontrado na manhã desta sexta.

O crime foi por volta de 1h na região do bairro Santa Terezinha. Segundo a Polícia Civil, os três adolescentes abordaram o soldado Douglas Gomes do Nascimento, que estava de férias e desarmado, e anunciaram o assalto – os jovens queriam o carro dele.

Ao descobrirem que Douglas era policial, o trio teria feito dois disparos contra ele e atirado o corpo no rio.

Após a ação, os três adolescentes, de 15, 16 e 17 anos, seguiram com o carro do policial, mas foram abordados por uma equipe da PM após baterem o carro. Ao receberem o sinal de parada, os três ainda tentaram fugir, mas foram capturados.

Adolescentes bateram carro da vítima após crime — Foto: Bruno Pellegrine/TV Vanguarda

Durante a vistoriao veículo, a polícia percebeu que o carro estava registrado em nome do policial e, quando questionados, os adolescentes admitiram o crime. Com eles, foi apreendido um revólver calibre 38.

Os três foram encaminhados à delegacia, onde seguiam apreendidos na manhã desta sexta (26) aguardando a audiência de custódia. Os adolescentes tiveram internação na Fundação Casa determinada no fim da tarde. Às 16h30 eles estavam em audiência no fórum.

O corpo do policial foi encontrado esta manhã por uma equipe dos bombeiros. O soldado Douglas Gomes do Nascimento era morador de Cruzeiro e estava na PM há quatro anos. Atualmente, ele atuava na 1ª companhia do 47° Batalhão de Polícia Militar, na capital, e estava de férias na região.

Matéria do G1

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *