Siga-nos nas redes sociais

Região

Fim de semana deixa 44 mortos em acidentes de trânsito e assassinatos no Ceará

Na tarde do domingo, dois corpos foram encontrados enterrados em cova rasa, em Quixadá

Publicados

em

Quarenta e quatro pessoas morreram de forma violenta no fim de semana marcado pelo segundo turno das eleições presidenciais no Ceará. Autoridades da Segurança Pública registram entre a última sexta-feira (26) e o começo da madrugada desta segunda (29), 38 casos de homicídios e mais seis mortes decorrentes de acidentes de trânsito, a maioria no interior do estado.

Em Fortaleza, 15 pessoas foram assassinadas nas últimas 72 horas, nos seguintes bairros: Moura Brasil, São Bento, Pici, Bom Jardim, Antônio Bezerra, Jangurussu, Autran Nunes, Meireles (duplo), Mondubim, Granja Portugal, Antônio Bezerra, Canindezinho, Praia de Iracema e Damas.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) foram registrados sete casos de assassinatos nos seguintes Municípios: Maranguape (2 casos), Maracanaú, Pacajus, Caucaia, Itaitinga e Guaiúba.

No Interior Sul, 11 homicídios, latrocínios (roubos seguidos de morte) e casos de morte por lesão corporal foram registrados nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (dois casos), Acopiara (2), Quixadá (2), Várzea Alegre (2), Crato, Barbalha e Jucás.

No Interior Norte, mais registros de homicídios. Foram cinco casos nos Municípios a seguir: Itapipoca, Guaraciaba do Norte, Tianguá, Ibiapina e Tamboril (vítima faleceu em Sobral).

Acidentes

Seis pessoas morreram vítimas de acidentes em Fortaleza, Crateús, Icapuí, Beberibe, Ibiapina e Lavras da Mangabeira.

Enterrados

Dois corpos foram encontrados enterrados e, cova rasa, na tarde do domingo, (28) na periferia da cidade de Quixadá, no Sertão Central. Os cadáveres estavam com as mãos amarradas e outros sinais de violência. Apenas uma das vítimas já foi identificada. Tratava-se do jovem Francisco Valdécio de Oliveira Filho, 23anos.

Os corpos foram enterrados um sobre o outro. A Polícia suspeita que eles tenham sido seqüestrados noutra cidade e levados para o bairro São João, na periferia de Quixadá. Onde ocorreu a execução sumária.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Região

Entenda a Data Magna do Ceará, feriado que pega quase todo mundo de surpresa

Ceará foi a primeira província brasileira a libertar os escravos

Publicados

em

Na segunda-feira, dia 25 de março, é lembrada a Data Magna do Ceará, feriado que pega muita gente de surpresa. Instituído em 6 de dezembro de 2011 por lei publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o feriado celebra a abolição dos escravos no Ceará. A província foi a primeira do Brasil a libertar os escravos, no dia 25 de março de 1884, embora o País tenha sido o último do Ocidente.

No Ceará, a abolição aconteceu quatro anos antes do restante do País. A famosa Lei Áurea foi sancionada em 13 de maio de 1888 e acabou invisibilizando uma série de personagens e setores da sociedade que lutaram por anos antes da conquista.

Cinco dias antes de ser publicada no DOE, a Emenda Constitucional Nº 73 foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, com texto de autoria do então deputado Lula Morais (PCdoB). A Emenda alterou o artigo 18 da Constituição Estadual.

Redenção

Pouco mais de um ano antes do Ceará abolir a escravatura, mais especificamente em 1º de janeiro de 1883, a Vila do Acarape teve o dia marcado pela entrega de 116 cartas de alforria. José do Patrocínio e outros abolicionistas estavam presentes no ato que ocorreu em frente à igreja Matriz. Acarape é hoje o município de Redenção.

Os escravos libertos passaram a procurar formas de se reintegrar à sociedade. Muitos fugiram para o quilombo na Serra do Evaristo, em Baturité. Com medo de serem perseguidos, lá eles acreditavam estar seguros da fragilidade da alforria. Outros partiam para Fortaleza, de carta na mão, e viajavam em busca das suas famílias.

Havia também a parcela de libertos que não tinha família e que não queriam se refugiar nos quilombos. Dos que já estavam acostumados com a rotina escravista, entraram em acordo com os senhores e passaram a prestar serviço remunerado.

Redenção tem seus símbolos da libertação, como os museus que guardam o pouco dos documentos ainda preservados e a memória escravista em prédios históricos, casa grande e senzala – hoje destino de turistas.

Matéria do O POVO

Continue lendo

Região

Acidente com alunos da profissionalizante na CE-060 deixa pelo menos 5 vítimas em Quixeramobim

O acidente de trânsito por volta das 09h, na CE 060, Rodovia do Algodão, mas proximidades do alto da Betânia, em Quixeramobim

Publicados

em

Segundo informações, o veículo Fiat Strada de cor prata e placa HXP4992 seguia na CE 060 quando o mesmo perdeu o controle, passou por cima do meio fio vindo a capotar e derrubando parte de uma residência.

Quatro vítimas ainda não identificadas já foram socorridas ao hospital com lesões por todo o corpo. Várias equipes do SAMU, corpo de bombeiros, e uma equipe de Socorristas voluntários foram mobilizadas para socorrer as vítimas, uma equipe da Autarquia Municipal de Trânsito se encontra no local controlando o trânsito, e a Polícia Militar se encontra realizando os devidos procedimentos.

As vítimas alunos do Colégio profissionalizante receberam os primeiros socorros ainda nas ambulâncias e serão encaminhadas ao Hospital Dr. Pontes Neto, em Quixeramobim. Uma vítima em estado mais grave será encaminhado ao IJF em Fortaleza com fratura no fêmur.

Matéria do Quixeramobim News

Continue lendo

Região

Jovem desaparecido é encontrado morto em Ibaretama, no Ceará

O corpo do jovem foi encontrado às margens da BR-122, na localidade de Barro Vermelho, distrito de Piranji

Publicados

em

O caso do jovem Paulo Victor, que desapareceu na noite desta quarta-feira (20), teve um desfecho triste.

O corpo foi encontrado por populares, inicialmente foi possível verificar duas perfurações, mas ainda não há a confirmação de que se trata de homicídio. O jovem foi encontrado com sua motocicleta, utilizada para ir ao trabalho, e com uma mochila nas costas.

A polícia militar já se encontra no local resguardando o corpo, a espera do Rabecão que levará o corpo para o IML, em Quixeramobim.

Matéria do Revista Central

Continue lendo

Região

Recém-nascida é morta por animais após ser enterrada viva pela mãe na zona rural de Camocim, no Ceará

Um fato que parece ter sido extraído de um roteiro de filme de terror abalou Camocim no início da noite desta quarta-feira (20)

Publicados

em

Na localidade de Buriti, uma mulher de aproximadamente 25 anos deu à luz uma menina no meio do mato, próximo à sua residência. Após parir, sem nenhum tipo de assistência médica e sem ninguém por perto, a mãe, segundo informações policiais, enterrou a criança, ainda viva, em cova rasa.

Algum tempo depois, populares escutaram o choro da criança. Quando conseguiram encontrá-la, já estava sem vida, sendo devorada por porcos.

Em seguida, a mãe foi vista toda ensaguentada. Isso fez as pessoas ligarem uma coisa a outra, já que ela, de acordo com alguns relatos de moradores, apesar de já ser mãe de duas filhas, escondia a terceira gravidez. O caso deixou a comunidade de Buriti e das localidades vizinhas em choque.

A Polícia Militar de Camocim foi acionada. A mulher foi presa e levada à Delegacia Regional de Polícia Civil, onde está sendo feito o flagrante pelo crime praticado.

Matéria do Camocim Online

Continue lendo

Região

Temporada de chuvas no Ceará já deixou 30 mortos em afogamentos

As mortes por afogamento acontecem, em sua maioria, em rios e açudes do Interior cearense

Publicados

em

Ao menos 30 pessoas morreram no Ceará vítimas de afogamento desde o começo do ano, quando a temporada de chuvas no Interior elevou os níveis dos mananciais. Açudes, rios, lagoas, riachos e cachoeiras se transformaram em atrativos para o lazer de muitas pessoas, mas os riscos de afogamentos não são levados em contas e, muitas, vezes, a diversão se transforma em tragédia.

Somente nas duas últimas semanas, ao menos 11 pessoas morreram afogadas. A maioria absoluta dos casos ocorreu no interior. Uma das vítimas foi o vaqueiro José Guilherme Pereira de Sousa, que tinha apenas 20 anos, e acabou sendo arrastado pela forte correnteza do Rio Granjeiro, na zona rural do Município do Crato (a 540Km de Fortaleza), na noite da última segunda-feira (18). Ele tentou atravessar uma passagem molhada montado em seu cavalo e acabou sendo arrastado pelas águas. O corpo só foi encontrado quando as águas baixaram.

Em Fortaleza, o Corpo de Bombeiros entra no quinto dia de buscas pelo corpo do garoto Kauã, que desapareceu nas águas de um córrego afluente do Rio Cocó, no bairro Jangurussu. Apesar das intensas buscas dos militares, com a ajuda de voluntários, o garoto continua sumido.

Já no Município de Potiretama, no Vale do Jaguaribe (a 275Km de Fortaleza), morreu afogado nesta terça-feira (19) o adolescente Felipe Jorge Bezerra da Silva, de 17 anos. Ele era natural de Rodolfo Fernandes (RN) e desapareceu nas águas do Açude do Sítio Recreio. O corpo foi encontrado na tarde de ontem e encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Estado (Pefoce) na cidade de Russas.

Também nesta terça-feira, por volta das 17 horas, mergulhadores do Corpo de Bombeiros localizaram o corpo de um agricultor identificado apenas por Manuel, que morreu afogado nas águas do Rio Piranji, na localidade de Bastiões, Distrito de São João do Aruaru, na zona rural do Município de Morada Nova (a 163Km da Capital).

Em Russas (a 163Km da Capital), o corpo de um homem foi encontrado em um açude na localidade de Placas, na zona rural, nas proximidades de uma cerâmica, na tarde da última segunda-feira (18). A vítima do afogamento fatal não foi identificada.

Somente nos quatro dias de Carnaval, oito pessoas morreram afogadas no Ceará, nos seguintes Municípios: Fortaleza (Praia de Iracema), Tauá (açude da Vila de Santa Tereza), Guaramiranga (Cachoeira do Cipó), Poranga (Balneário Ponto de Lazer), Chaval (rio), Sobral (Riacho Pajeú), Camocim (Praia de Maceió) e Orós (Rio Jaguaribe).

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo
Publicidade