Mais uma gravação chocante de uma pessoa atentando contra a própria vida está sendo compartilhada nas redes sociais. Para muitos, é mais uma prova de que a depressão e a vontade da vítima de atentar contra a própria vida precisam ser mais discutidas dentro da sociedade. Como se sabe, especialistas chamam a doença de praga do século 21, já que está atingindo todos os grupos sociais e pessoas das mais diversas idades. Esse, assim como outros, é mais um caso em que não tem ideia da identidade da vítima e também quais foram os motivos que levaram o indíviduo a se jogar de um prédio alto.

Esse vídeo que está circulando nas redes sociais foi feito em Fortaleza, capital do Ceará, e mostra apenas o momento que o homem se joga e cai na Avenida Dom Luís. As imagens são chocantes e com certeza incomodam a todos que assistem. Além do impacto da queda, também vale lembrar que é o impacto de ver uma pessoa que está tirando a própria vida por algum problema ou por algo que acontece na vida dela.

Como pode ser notado, o suicídio é um tema que precisa ser discutido. Para dimunuir a taxa de pessoas que tiram a própria vida, o governo federal dará R$ 2 milhões para os estados que contam com as maiores taxas. Os estados que recebem a verda são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amazonas, Piauí e Roraima. O ato do suicídio é a maior causa de mortes de jovens entre 15 a 29 anos no Brasil.

O dinheiro está sendo investido pelo Ministécute;rio da Saúde. A pasta ainda pretende ajudar o Centro de Valorização da Vida com uma quantia de R$ 500 mil. A organização atende 24 horas em todas as cidades brasileiras. No Brasil, em média, 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano.

Caso você sinta que passe por algum problema ou que não esteja bem, procure ajuda. Como foi informado, o Centro de Valorização da Vida funciona 24 horas em todo o território brasileiro. O contato pode ser feito por telefone, pelo 141, ou ainda pelo site cvv.org.br, que atende por e-mail, chat ou ainda em conversa de vídeo pelo Skype. O contato com o centro é gratuito.

CLIQUE PARA VER OS VÍDEOS

Via News365