O ex-governador Cid Gomes (PDT) segue buscando um canal de diálogo com o senador Tasso Jereissati (PSDB) através do presidente regional do PSDB no Ceará, o ex-senador Luiz Pontes. Cid insiste na articulação de uma grande aliança no Estado para garantir sua eleição ao Senado, em 2018, e, por consequência, o foro privilegiado. Isso caso sua prisão não seja determinada em algum dos processos em que é réu na Justiça. Quem também esteve no encontro foi o governador Camilo Santana (PT).

As conversas com Luiz Pontes começaram no 1º de julho, quando Luiz Pontes apareceu ao lado de Cid em Sobral, durante uma homenagem pelos 50 anos de vida pública do ex-senador Mauro Benevides. Na época, Tasso foi taxativo ao negar a aliança. Agora, o encontro aconteceu na casa do empresário Júlio Ventura. Cid tenta a aproximação com fortes lideranças da oposição no Ceará para minar a chapa adversária em 2018 e garantir a eleição.

O encontro aconteceu depois do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB) negar boatos sobre a aproximação com Cid e defender uma chapa com Tasso para o Governo do Ceará, o deputado Capitão Wagner (PR) como vice, e Eunício para reeleição. Ficando ainda uma vaga para o Senado aberta na chapa.

Fonte: Ceará News 7